Fim era esperado após o anúncio do fechamento da fábrica de São Bernardo do Campo (SP)

Desde o anúncio do fechamento da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo (SP) que este momento já era esperado. O Fiesta deixou de ser oferecido no site da marca, restando apenas o Ka, Ka Sedan e Fusion como opções além de SUVs, picapes e o Mustang. Nessa mudança, até o Focus Fastback desapareceu, semanas após o Focus hatch. 

Em maio, o preço do Fiesta já tinha sido reajustado para baixo. Oferecido apenas nas versões SE, SE Style e SEL com motor 1.6 e câmbio manual de 5 marchas, começava ali sua despedida após 24 anos de mercado. O hatch chegou ao Brasil em 1995 importado da Espanha, depois produzido no Brasil. Voltou a ter importação, dessa vez do México, no começo da geração que conhecíamos até então, que logo foi nacionalizada - com o visual remodelado com grade no estilo Aston Martin.

Ford Fiesta Sedan
Ford Fiesta SE Style EcoBoost 2018

Usou também o câmbio Powershift de dupla embreagem e até ganhou uma versão com o motor 1.0 Ecoboost importado, embora com baixo volume. Por fim, passou por uma leve reestilização que lhe trouxe novo para-choque frontal e lanternas traseiras. 

Nenhum novo modelo deve tomar seu lugar. O próprio Ka ganhou mais equipamentos e opção e câmbio automático de 6 marchas justamente para subir de patamar nas versões mais caras e se posicionar de forma mais ampla na linha.

Hoje, a produção brasileira da Ford é composta por Ka, Ka Sedan e EcoSport na planta de Camaçari (BA). 

Galeria: Ford Fiesta SE Style EcoBoost 2018