SUV-cupê será opção mais refinada acima do Captur e deve chegar no Brasil em 2020

Este é o novo Renault Arkana 2020, inédito SUV-cupê da marca que deve também ser produzido e vendido no Brasil. Além de manter praticamente o mesmo visual da conceito, o novo SUV faz sua estreia na Rússia revelando acabamento interno mais refinado para ficar acima do Captur. Criado como um modelo para mercados emergentes, deve aparecer no mercado brasileiro entre 2020 e 2021, durante o novo ciclo de investimentos da fabricante.

O visual bacana não nasceu por acaso. A Renault fez algumas pesquisas de mercado e descobriu que muitos de seus clientes queriam um carro que combinasse "a elegância de um sedã com as vantagens de um SUV". Isso explica o motivo do Fluence ter saído de linha. Confortável para andar na cidade e na terra em qualquer época do ano – ou seja, capaz de enfrentar pavimentos esburacados, percursos fora-de-estrada e até mesmo encarar o rigoroso inverno russo. Desenvolvido em conjunto com a matriz, o Arkana será produzido primeiro em Moscou, para depois chegar a outros mercados, com as adaptações apropriadas para cada país.

A estratégia da Renault com o Arkana é torná-lo o primeiro SUV-cupê acessível do mercado, uma vez que este tipo de veículo aparece somente em marcas premium como Audi, BMW e Mercedes-Benz. Na Rússia estará na lojas já a partir do próximo mês, com a pré-venda da versão limitada Edition One aberta nesta quinta-feira (23), baseada na variante topo de linha do crossover. Por lá, custará 1.419.990 rúpias (cerca de R$ 89 mil), enquanto a versão com tração integral sairá por 1.499.990 rúpias (R$ 94 mil).

Renault Arkana: itens de série

Na versão Edition One, o Renault Arkana é equipado com bancos de couro, faróis full-LED, acabamento cromado na carroceria, rodas de liga leve de 17”, central multimídia com tela de 8” e conexão Android Auto e Apple CarPlay, chave-cartão com acabamento vermelho, e sistema de som BOSE composto por 8 alto-falantes, um subwoofer e um amplificador digital. Terá somente 100 unidades disponíveis.

2019 Renault Arkana
2019 Renault Arkana

Para criar o estilo do Arkana, a Renault fez um trabalho colaborativo entre vários estúdios de design da marca ao redor do mundo, com retoque final feito pelo escritório na França. Seguindo o novo padrão de estilo da marca, desenvolvido por Laurens van den Acker, vice-presidente sênior de design, o SUV também tem antecipa elementos visuais e de acabamento dos próximos carros da empresa.

É maior do que o Captur, medindo 4,545 metros de comprimento, 1,820 m de largura, 1,565 m de altura e 2,721 m de entre-eixos. São 22 cm mais de comprimento e 5 cm a mais de entre-eixos. Não é tanto assim, mas é o suficiente para que faça a ligação entre o Captur e o Koleos em muitos mercados. Alguns detalhes são chamativos, como os balanços curtos, o vão livre de 205 mm e as rodas de 17”. A Renault informa um ângulo de entrada de 21° e 26° de saída.

Interior eleva o padrão da Renault

O interior eleva um pouco o jogo em comparação aos SUVs menores da Renault. Tem estilo diferente de todos os carros da marca vendidos no Brasil. Foi desenhado para colocar o motorista em foco, com o console central voltado levemente para o condutor, junto com a central multimídia de 8”. Tem até iluminação ambiente com 8 opções de cor.

2019 Renault Arkana
2019 Renault Arkana

Os bancos dianteiros têm ajuste de lombar e de altura, enquanto os traseiros trazem sistema de aquecimento – novamente pensando no inverno russo. O volante também tem aquecimento, assim como os espelhos laterais, vidros traseiros e dianteiros. O porta-malas tem capacidade para 508 litros, crescendo para 1.333 litros com os bancos traseiros rebatidos.

Em todas as versões, o Renault Arkana será vendido com chave presencial, mantendo o formato de chave usado em outros carros da empresa, mas agora com acabamento estilizado. As portas são travadas automaticamente quando o motorista se afastar do veículo com a chave no bolso. Terá função também para acionar o motor pela chave a uma distância de até 200 metros.

Para atender seu primeiro mercado, a Rússia, o SUV terá sistema de tração 4x4 logo no lançamento, além da 4x2. Terá os modos 2WD, Auto e Lock, e a Renault promete que irá ajudar a andar em situações mais exigentes. O sistema funciona até 80 km/h, fazendo uma distribuição exata de 50/50 entre as rodas dianteiras e traseiras.

2019 Renault Arkana

Será vendidos com duas motorizações. A primeira é a mais importante, estreando o motor 1.3 TCe turbo de 150 cv feito em parceria com a Mercedes-Benz – a marca alemã usa este motor no novo Classe A. Tem torque de 25,5 kgfm a partir de 1.700 rpm, distribuído pelo câmbio CVT X-Tronic. Segundo a fabricante, entrega um consumo de 14,2 km/litro e tem autonomia de 700 km. A segunda opção será o 1.6 de 114 cv a gasolina, combinado ao câmbio manual de 5 marchas (6 posições na versão de tração integral).

A dúvida agora é quando o Renault Arkana chegará ao Brasil. Executivos da divisão brasileira confirmaram que o SUV está em estudos e que seu lançamento dependeria de uma série de fatores – na época, o novo regime automotivo Rota 2030 ainda não havia sido assinado. Durante o lançamento do Kwid Outsider, a fabricante revelou que irá iniciar um novo ciclo de investimentos no país, com a meta de alcançar os 10% de participação de mercado, o que provavelmente abrirá as portas para a chegada do Arkana entre 2020 e 2021.

Fotos: divulgação