Sedã completamente renovado se beneficiará de acordo de livre comércio com o México para antecipar sua chegada

A Nissan está preparando um novo ciclo de investimentos para renovação dos veículos produzidos no Brasil. Em conversa com jornalistas no escritório da montadora em São Paulo, Guy Rodrigues, novo Chairman para América Latina, e Marco Silva, Presidente da Nissan no Brasil, falaram um poucos dos próximos passos da marca no mercado brasileiro.

O executivo explicou que a nova safra de lançamentos produzidos no Brasil será fruto de uma nova fase de investimentos, mas que isso só dará seus primeiros frutos a partir de 2021. Antes dos "carros nacionais", a estratégia para completar o portfólio será a importação do Novo Versa, produzido no México que começará a ser vendido em junho por lá. Para o Brasil, como Motor1.com já havia antecipado, deve desembarcar no próximo ano.

Ao ser questionado por Motor1.com sobre a viabilidade do novo Versa chegar antes importado do México, Guy Rodrigues disse: "Sim, claramente, por ser uma companhia global, um padrão global, temos essas oportunidades. Ainda estamos analisando e não temos um anúncio, mas existe a oportunidade de complementar [o portfólio]".

A fala do executivo coincide com a informação apurada pela nossa reportagem que o novo Versa 2020 irá conviver com a atual geração. Por ser ligeiramente maior e mais refinado, o sedã chegará com a missão de encarar Honda City, Toyota Yaris Sedan e Volkswagen Virtus, além dos futuros Chevrolet Onix Sedan e novo Hyundai HB20S.

Nissan Versa 2020

"O Versa é segundo veículo mais vendido pela Nissan na América Latina. É um veículo super importante para a Nissan. No Brasil vendemos mais de 23.000 unidades no ano passado e conta com uma alta satisfação dos clientes. Os acordos bilaterais também ajudam a sempre trazer as melhores tecnologias, melhores produtos", concluiu o executivo.

Em sua terceira geração, o Nissan Versa sobe de nível. Com visual mais moderno, o sedã tem visual e interior totalmente inspirado nos mais recentes lançamentos da marca. Enquanto o design externo acompanha a ousadia do Altima, o interior é praticamente o mesmo do Kicks. O conjunto mecânico deverá manter o mesmo motor 1.6 de 114 cv do Kicks brasileiro, com a transmissão automática do tipo CVT. 

Galeria: Nissan Versa 2020