Chamado afeta unidades fabricadas entre 2017 e 2019, além de exemplares 2014

A Chevrolet anuncia nesta semana no Brasil a realização de um recall envolvendo o Tracker. Unidades fabricadas entre 2017 e 2019 devem voltar às concessionárias para reparar problemas no funcionamento de componentes da suspensão. Dependendo do caso, o braço de controle dianteiro (bandeja de suspensão) pode se quebrar devido a um cordão de solda fora da especificação e afetar diretamente a posição original da roda dianteira. Dessa forma, há comprometimento da dirigibilidade do veículo e risco de colisão.

Galeria: Chevrolet Tracker 2019

O reparo consiste na verificação e eventual substituição do braço de controle dianteiro - serviço que pode ser agendado desde já e leva em média 2 horas para ser concluído. Também participam do chamado exemplares produzidos a partir de 2014 que tenham adquirido as peças genuínas para reposição separadamente. As referidas peças têm numeração 94540672, mas nestes casos os modelos ainda não foram identificados - tanto que terão o problema solucionado apenas em agosto. 

Unidades envolvidas:

Modelo Fabricação Chassis
2017 a 2019 01/07/17 a 04/04/19 HL270629 a KL354972
2017 a 2019 30/01/15 a 30/06/17 FL187750 a HL276782

Fotos: Divulgação