Marca divulga material antes da hora com o modelo camuflado

Com estreia marcada para setembro, durante o Salão de Frankfurt (Alemanha), o primeiro carro elétrico da Volkswagen acabou indo parar no YouTube antes da hora. A fabricante publicou três vídeos em seu canal na Holanda indicando que o hatch será batizado como ID.3, e mostra o veículo menos camuflado. A pré-venda começará no dia 8 de maio na Europa.

Galeria: Volkswagen ID.3 - Imagens vazadas

Rumores diziam que o Volkswagen ID.3 poderia ser batizado como Neo, mas o vídeo já antecipa que ele terá uma primeira edição especial chamada ID.3 1st (First), que deverá ser a versão a ser apresentada em Frankfurt. Ele terá três variantes, de acordo com a capacidade da bateria: 45 kWh (até 330 km de autonomia), 58 kWh (420 km) e 77 kWh (550 km), sendo que esta última deve ser usada no ID.3 1st.

As imagens mostram que o Volkswagen ID.3 terá porte bem próximo ao do Golf. O entre-eixos aparenta ser similar, mas com balanços menores por não precisar carregar um motor a combustão e toda a mecânica na frente. Está com faróis de LED, e mais um contorno que serve de iluminação diurna. É possível notar que a cabine será bem mais espaçosa, com painel e volante posicionados logo acima das caixas de rodas dianteira. A traseira mostra as novas lanternas horizontais em LED.

Seat el-Born

Embora não tenha imagens do interior, uma das fotos da frente mostra que o hatch terá uma tela flutuante para a central multimídia. Isso dá a entender que pode usar um visual semelhante ao do SEAT el-Born, conceito elétrico mostrado pela marca espanhola no Salão de Genebra. Se for igual, terá painel de instrumentos digital e console central limpo, praticamente sem botões.

O Volkswagen ID.3 começará a ser vendido no dia 8 de maio, com o início da pré-venda na Europa, mas as entregas devem ser feitas somente no final do ano, após a apresentação no Salão de Frankfurt. No Brasil, a marca ainda não confirma a chegada do hatch elétrico ao país, porém ela anunciou recentemente que pretende lançar seis veículos híbridos e elétricos em nosso mercado nos próximos cinco anos.

Fonte: Elektrowoz