Segundo operários, modelo deixou a linha de montagem na última sexta-feira

Conforme previsto pelo anúncio feito em outubro do ano passado, a Ford deixou de produzir os modelos Focus e Focus Fastback na planta de Pacheco, na Argentina. Na última sexta-feira (3), os operários da linha fizeram uma despedida improvisada e aproveitaram para protestar contra o governo deixando uma mensagem: "Obrigado, Macri. Último Focus 2019. 520 companheiros demitidos".

Segundo o site Argentina Autoblog, no entanto, a produção funcionará "pelo menos até 9 de maio".

Depois de 20 anos e três gerações, o Focus deixa de ser produzido na América do Sul. Inovador em sua época, tanto pelo design arrojado quanto pela mecânica refinada (com suspensão traseira multilink), o modelo foi por muito tempo a referência do segmento em dirigibilidade. O sucesso crescente dos SUVs, no entanto, minou não somente o Focus como toda a categoria dos hatches médios. Basta lembrar que nos últimos meses a Peugeot suspendeu a venda do 308, a VW parou de fazer o Golf 1.0 e 1.4 no Brasil e agora o Focus se despede da fábrica argentina. 

Ford Focus Fastback (Sedã)

Sem deixar sucessor direto, a planta de Pacheco seguirá com a produção da Ranger e aguarda decisão sobre um futuro modelo - que tem tudo para ser um SUV, como o novo Escape ou o Territory. Mas muito depende da (conturbada) economia dos nossos vizinhos.

Galeria: Ford Focus Hatch - Brasil