Será que teria o 6.2 V8 supercharged de 716 cv ou uma motorização híbrida?

Poucos SUVs no mundo são tão extremos quanto o Jeep Grand Cherokee Trackhawk. Equipado com o mesmo motor 6.2 V8 supercharged de 716 cv do Dodge Challenger Hellcat, é o mais próximo que você pode chegar de desafiar as leis da física. Combina um visual bem agressivo com o perfil alto e robusto do Grand Cherokee. E se, ao invés de ser uma variante do crossover, ele fosse um modelo especificamente criado para aproveitar melhor o motor?

Galeria: Jeep Trackhawk Coupe - Projeção

Foi o que fez o designer Dejan Hristov, que usou a imaginação para criar uma projeção de como seria um Jeep Trackhawk Coupe. Usando outros SUVs e crossovers de alta performance como referência, o artista criou uma carroceria que manteve a robustez dos modelos da Jeep e colocou a aerodinâmica de um esportivo. O produto final tem uma cara de carro conceitual, mas não deixa de ser bem interessante.

Com certeza é algo totalmente diferente de tudo o que vimos na linha da Jeep (ou mesmo entre os conceitos), embora seja possível notar alguns detalhes familiares em seu visual. Por exemplo, a pequena grade dianteira tem uma entrada de ar parecida com a do Grand Cherokee, e a linha de cintura alta e reta também lembra o SUV. É bem musculoso, principalmente com as caixas de rodas e a traseira vinda de um teto bem inclinado.

Na verdade, este teto com duas saídas de ar nos fazem pensar se o artista não imaginou o veículo com o motor na traseira. O Hellcat V8 é bem compacto, mas não pequeno o suficiente para caber na frente do carro, que é bem curta. Colocar o motor na traseira ajudaria, ou talvez pudesse ser um carro híbrido de alto desempenho, usando um pequeno motor supercharged na frente e outro elétrico na traseira.

De qualquer forma, é uma projeção bem interessante de algo que, infelizmente, não deve virar verdade.

Fonte: Dejan Hristov/Bēhance.net