Subcompacto terá novo visual inspirado no elétrico City K-ZE

A Renault quer dobrar suas vendas anuais na Índia até 2022. Para atingir essa meta, a fabricante prepara alguns lançamentos, como o inédito Triber, minivan baseada no Kwid e um SUV compacto abaixo do Duster. Uma das novidades prometidas para este ano é a reestilização do Kwid, adotando linhas semelhantes à do elétrico City K-ZE. Será lançado na Ásia no 2º semestre.

Em entrevista ao site Livemint, Venkatram Mamillapalle, novo chefe executivo da Renault Índia, falou sobre a ofensiva da marca. "Nós precisamos dobrar os volumes e nossa participação de mercado até 2022 com uma linha correta de produtos. Chegaremos lá com o Triber e o HBC (código de um SUV compacto)", revela o executivo. "O HBC irá trazer volumes que justificarão nosso plano até 2022. Além disso, iremos trazer os facelifts de Kwid e Duster mais para frente neste ano."

A estreia do Renault Kwid reestilizado já era apontada por rumores na Índia, que afirmavam que a atualização visual feita no ano passado não era o verdadeiro facelift. Na época, a mídia local dizia que o lançamento é esperado para outubro, durante a época festiva do país. Enquanto o lançamento na Ásia acontecerá ainda neste ano, sua chegada ao Brasil deve levar mais um tempo, já que o subcompacto estreou no nosso mercado há apenas dois anos.

Para entender como será o visual do Kwid reestilizado, basta olhar para a versão de produção do City K-ZE, a variante elétrica do subcompacto. Fontes ligadas à marca adiantaram ao Motor1.com que o elétrico iria antecipar a renovação visual do carro a combustão. Terá o esquema de faróis duplos muito usado atualmente, com uma linha de LED na parte de cima e as luzes normais logo abaixo. Adotará uma grade de verdade, ao invés da peça fechada do elétrico. O para-choque terá um novo desenho para acompanhar a mudança da frente. Do lado de dentro, o City K-ZE exibe uma central multimídia de 8” e um seletor de marcha giratório (que não virá para o modelo normal, por ter câmbio manual).

Renault City K-ZE 2019
Renault City K-ZE 2019

Além da reestilização do Kwid, a Renault também estuda a possibilidade de vender o elétrico City K-ZE no Brasil. Na apresentação da versão conceitual, executivos da fabricante disseram que tudo dependeria dos incentivos do governo para modelos eletrificados. Se vier, será uma alternativa de baixo custo ao Zoe, que é comercializado por R$ 149.900.

Fonte: Livemint