Versões começarão a ser vendidas globalmente na metade do ano

A Polestar, antes uma preparadora interna da Volvo, agora é uma marca própria trabalhando em híbridos e elétricos. Porém, ela não deixou a marca sueca de lado e dá uma ajuda na parte mecânica, como é o caso do XC60 e V60 Polestar Engineered, versões que adotam um motor 2.0 híbrido de 420 cv e que começarão a ser vendidas na metade do ano na Europa.

Assim como foi com o S60 Polestar Engineered, os Volvo XC60 e V60 usam o mesmo motor T8 Twin-Engine híbrido plug-in, produzindo 420 cv e 68,2 kgfm de torque. É um aumento de 15 cv e 3,3 kgfm sobre o modelo normal. Considerando que o T8 convencional acelera de 0 a 100 km/h em menos de 5 segundos, as versões preparadas pela Polestar devem ser ainda mais rápidas.

Eles mudaram por fora também, só que foi tão sutil que você terá que forçar a vista para encontrar as novidades. As rodas de 10 aros da S60 Polestar Engineered vieram para a dupla, assim como as saídas de escapamento em preto cromado, a grade em preto brilhante, as extensões nos arcos de roda e os discretos emblemas da Polestar. O mesmo vale para a cabine, ganhando cintos de segurança dourados e um esquema de cor no tom carvão, que dão um pouco mais de destaque, porém sem ficar chamativo demais.

"A introdução da nova versão Polestar Engineered no S60 vendeu todas as unidades em menos de uma hora", diz Anders Gustafsson, presidente e CEO da Volvo EUA. "As modificações feitas pela Polestar no XC60 e V60 oferecem uma dose adicional de desempenho para veículos que já são fortes e eficientes."

Os XC60 e V60 Polestar Engineered começarão a ser vendidos mundialmente na metade do ano, ainda sem preços divulgados. Nos EUA, o valor deve ficar na faixa dos US$ 60.000 (aproximadamente R$ 232.350). Já aqui no Brasil, se ele vier, ficará bem acima dos R$ 299.950 cobrados pela XC60 T8 R-Design. Ao menos estas versões tem chance de chegar ao Brasil, já que não serão limitadas a 20 unidades, como foi com o S60.

Fonte: Volvo

Veja também

'