Objetivo da marca é concentrar 50% de suas vendas em EVs até 2025

Prometida há pelo menos dois anos, a ofensiva traçada pela Volvo para o segmento de veículos elétricos terá seu primeiro resultado prático no final deste ano. Conforme relata a agência de notícias Automotive News, a marca programa para o segundo semestre o lançamento de uma versão 100% elétrica do SUV XC40, que chegará ao mercado como o primeiro modelo equipado com este tipo de propulsão já comercializado pela companhia. A ideia é abrir caminho para uma gama completa de veículos elétricos e alcançar a ambiciosa meta anunciada em 2018: concentrar 50% das vendas da empresa em modelos EVs até 2025.

Galeria: Volvo XC40 T5 Plug-In Hybrid

Detalhes mecânicos ainda são desconhecidos, mas a expectativa fica para números respeitáveis de autonomia e potência. Em meados do ano passado, o próprio chefe de design da Volvo, Thomas Ingenlath, declarou que "não é mais segredo que o primeiro Volvo totalmente elétrico está a caminho com a chegada da XC40. Começaremos com o XC40 e, em seguida, os elétricos aparecerão passo a passo no nosso portfólio de modelos. O próximo será o XC90 de nova geração". A partir das próximas gerações, todo lançamento terá pelo menos uma versão totalmente EV, sinalizando que a marca está atenta à virada tecnológica da indústria. "A eletrificação é o futuro da indústria automotiva", disse Ingenlath.

Antes da versão elétrica, porém, o XC40 chegará ao mercado em variante híbrida (modelos das fotos). Esta configuração fará uso de um motor 1.5 turbo a gasolina de 182 cv associado a um motor elétrico de 83 cv, com bateria de íons de lítio de 9.7 kWh. Dados de fábrica indicam torque de 43,3 kgfm, aceleração de 0 a 100 km/h em 7,3 segundos e 205 km/h de velocidade máxima. O câmbio será automático de 7 marchas. A novidade se chamará T5 Twin Engine e será produzida a partir de novembro na fábrica de Ghent, na Bélgica.

Fonte: Volvo via Automotive News