SUV com pegada cupê deverá ser vendido no Brasil em 2020 no lugar do finado Fluence

Apresentado em agosto do ano passado inicialmente como carro-conceito, o SUV Arkana, da Renault, deve estrear em breve como versão de produção. Prova disso vem da Rússia, onde o modelo foi revelado pela primeira vez como protótipo e acaba de ser flagrado em testes já com a carroceria que chegará às ruas. Pelo que é possível notar nas imagens, não haverá grandes mudanças na comparação com a ideia conceitual e praticamente todo o design será mantido, em especial o teto arqueado e característico que colocará o Arkana como o primeiro crossover-cupê do grupo Renault-Nissan.

Galeria: Renault Arkana - Salão de Moscou

De acordo com a marca, a ideia do Arkana é "misturar perfeitamente os atributos de um SUV com as qualidades de um sedan dinâmico sem comprometer a amplitude e o volume de carga". Traços marcantes do design incluem linha de cintura alta, teto com formato em arco, lanternas interligadas e faróis bem desenhados com prolongamentos de LED que avançam sobre o para-choque. Informações detalhadas sobre as medidas exatas da carroceira ainda são desconhecidas, mas é certo que o modelo será posicionado acima do Duster e do Captur. O parentesco entre eles, vale lembrar, será direto, uma vez que a base do Arkana é a chamada B0+, uma versão modificada da arquitetura dos primos menores.

O alcance comercial do modelo será global, tendo em vista que o lançamento já está praticamente confirmado em países como Rússia, China, Coreia do Sul (onde será vendido como Samsung XM3) e Brasil. Por aqui, o modelo já teve desenhos registrados no INPI e, segundo especulações, será lançado em 2020 com motor 1.3 turbo com potência superior a 160 cv. Indiretamente, ocupará o lugar deixado pelo finado Fluence.

Fotos: Evgeny Shapovalov