Crossover será revelado no Salão de Nova York e terá como missão brigar com Ford EcoSport nos EUA e na Índia

Acabou o mistério. Estas são as primeiras fotos do Hyundai Venue, o “mini-Creta” que será apresentado no dia 17 de abril, durante o Salão de Nova York. Imagens do SUV compacto foram parar na internet, como foi publicado pelo site Autocar Índia e mostram tanto o design externo como parte do interior do crossover. Até o momento, só foi confirmado para os Estados Unidos e Índia, embora seja confirmado como um carro global.

Galeria: Hyundai Venue - Imagens vazadas

As imagens confirmam o que já esperávamos do Hyundai Venue pelos flagras do carro em testes. Ele adotará a mesma identidade visual do Kona, com os faróis posicionados mais abaixo, enquanto traz as luzes diurnas em LED onde normalmente ficariam as luzes – da mesma forma que a Fiat fez na picape Toro.

Já a traseira é bem diferente, mostrando lanternas retangulares e o nome do veículo bem grande na tampa do porta-malas. A cabine é inédita, posicionando as saídas de ar em volta da central multimídia, que parece um tablet grudado no painel. É possível ver que terá uma pequena tela digital para o computador de bordo.

Os rumores dizem que o Venue terá um novo motor 1.0 turbo de 100 cv, acoplado ao câmbio de dupla embreagem de 7 marchas. A única confirmação que temos sobre isso é o logo “turbo” na traseira. As outras opções de motorização podem ser o 1.4 aspirado, de 100 cv na versão a gasolina e 90 cv na variante diesel.

Hyundai Venue - Imagens vazadas
Hyundai Venue - Imagens vazadas

Há chances de chegar ao Brasil? Está é a grande pergunta. A marca não divulgou informações sobre a plataforma do Hyundai Venue, mas rumores apontam que se trata de uma arquitetura nova com o Grand i10. Vale lembrar que o Creta é construído sobre a plataforma do Elantra, maior e mais cara. Dependendo da plataforma, poderia ser feito aqui e ficar posicionado do Creta (a exemplo do que acontece com o Honda WR-V e HR-V). Caso ele seja produzido no México, as chances de chegar ao mercado brasileiro se tornam ainda mais reais.

Fonte: Autocar Índia