Picape estaria testando motor 2.7 V6 de 329 cv, de olho na Jeep Gladiator e Chevrolet Colorado ZR2

A Ford Ranger Raptor já foi lançada no resto do mundo, então encontrar a picape rodando pelos Estados Unidos foi uma surpresa. Ela está praticamente sem camuflagem, usando apenas algumas fitas escondendo os logos da Ford na carroceria. Não que isso ajude, já que ela se sobressai com sua carroceria mais parruda, bem diferente da versão normal. O que chamou a atenção dos nossos espiões é que o fato de ter quatro saídas de escapamento na traseira e o som de um motor V6.

'

Isto é muito interessante, pois a Ranger Raptor foi lançada no resto do mundo somente com um motor turbodiesel de quatro cilindros. O protótipo foi visto andando perto da sede da Ford na região de Detroit e, embora não seja estranho ver carros de outras regiões rodando por lá, o fato de usar um motor a gasolina é bem incomum.

Além das fotos, nosso time de espiões dizem terem seguido o protótipo por vários quilômetros e ainda gravaram o vídeo (mais acima). O barulho ambiente e o som dos outros carros fazem com que seja difícil identificar o motor, mas há um ronco bem interessante e alguns barulhos estranhos que não parecem ser do motor.

Se está com um V6 sob o capô, deve usar o 2.7 EcoBoost biturbo, que equipa a F-150 e produz 329 cv e 55,2 kgfm de torque. É um valor bem acima do que os 213 cv e 51 kgfm do motor 2.0 turbodiesel usado pela Ranger Raptor global. Na época do lançamento, executivos haviam descartado usar um motor a gasolina.

A Ford já disse diversas vezes que não irá vender a Ranger Raptor nos EUA, ao menos na versão atual. Isso pode mudar na próxima geração da Ranger, esperada para 2022. Isso pode fazer com que este protótipo seja um teste inicial para a nova Raptor. Ou a marca pode ter mudado de ideia, como forma de brigar com a recém-apresentada Jeep Gladiator e Chevrolet Colorado ZR2 Bison. Se for o caso, a Ranger Raptor V6 pode aparecer por lá em 2020.

Fonte: Automedia