Surpreendido com menos camuflagem, ele revela design bem diferente dos Honda atuais

A próxima geração do Fit deverá se aproximar da original em termos de design. Pelo menos é o que deixa antever este protótipo flagrado em testes - que aparenta ser de uma versão aventureira, como denuncia o rack no teto. Ao contrário do modelo atual, com grade e faróis afilados, o novo voltará a ter faróis grandes e grade alta com diversos filetes, numa filosofia de estilo bem diferente dos últimos Honda.

Comparado ao primeiro novo Fit flagrado, em setembro do ano passado, esse agora já veste menos camuflagem. Isso nos deixa ver melhor as linhas dos faróis, grade, para-choque e a coluna dianteira bem fina, com destaque para a janela lateral à frente da porta dianteira, o que mostra que o modelo vai ficar menos hatch e mais minivan. Ou seja, retomar seu conceito original. 

Tiros de espião Honda Fit Honda Jazz

Já na parte traseira, o Fit vai trocar as lanternas que sobem pelas colunas por um conjunto mais tradicional, com lanternas duplas invadindo a tampa do porta-malas (como vem acontecendo com quase todos os compactos, em busca de uma suposta maior robustez em função das lanternas horizontais darem sensação de maior largura).

Com lançamento previsto para setembro no Japão, o novo Fit vai trocar o motor 1.5 aspirado de 4 cilindros pelo 1.0 turbo de 3 cilindros, com 125 cv, além de oferecer duas variantes híbridas. Também não está descartada uma versão totalmente elétrica.

A chegada ao Brasil deverá acontecer no decorrer de 2020.

Galeria: Flagra: Novo Honda Fit 2020 "Twist"