Modelo feito sob encomenda homenageia clássicos 330 P3/P4 e Dino 206 S

A Ferrari P80/C é uma criação única, feita por um cliente apaixonado pelos modelos de corrida da marca, principalmente os da década de 1960. Encomendado em 2015, o modelo estava em desenvolvimento até agora. Finalmente foi apresentado e o resultado final é incrível, mesmo que seja baseada na Ferrari 488, que já foi substituída pela nova F8 Tributo.

Galeria: Ferrari P80/C

Exclusiva para uso em pista, a Ferrari P80/C foi feita com base na 488 GT3, um modelo de corridas. Os designers e engenheiros da fabricante trabalharam juntos para criar uma carroceria totalmente nova e que fosse esteticamente bonita e funcional para acelerar nos circuitos. Como não precisa atender às normas para andar nas ruas, os designers puderam fazer com que a P80/C tivesse uma frente bem baixa, com um splitter logo abaixo. O para-brisa inclinado ajuda a criar uma silhueta bem esguia, principalmente quando observamos o carro de perfil.

A Ferrari 488 GT3 tem um entre-eixos 50 milímetros mais longo do que a versão de rua, que foi aplicado também na P80/C. Um dos destaques é a enorme entrada de ar logo atrás das portas, que guiam nossos olhos para a traseira e para a gigantesca asa. A cobertura do motor tem várias placas de alumínio que fazem contraste com o resto da carroceria pintada de vermelho.

A mecânica não foi revelada. Se levarmos em conta a 488 GT3, a Ferrari P80/C deve utilizar um motor 3.9 V8 biturbo que gera mais de 670 cv, em combinação ao câmbio de dupla embreagem e 7 marchas. A 488 GTB convencional acelera de 0 a 100 km/h em 3 segundos e tem velocidade máxima de 330 km/h. 

Ferrari P80/C
Ferrari P80/C

A Ferrari nunca divulga o preço das máquinas feitas por encomenda, mas o desenvolvimento de cinco anos indica que o comprador deve ser alguém com muita grana para gastar. Ao menos temos a chance de ver o esportivo em movimento no vídeo acima, com a P80/C fazendo uma volta nas pistas para demonstrar suas habilidades. Deve ser a única vez que a veremos rodando, pois o comprador deve colocar essa Ferrari em sua garagem perto de um circuito particular longe do público.

Fonte: Ferrari