SUV de entrada será lançado em abril e chegará com pretensões globais

Considerado um dos lançamentos mais aguardados da Hyundai para este primeiro semestre, inédito SUV compacto Styx está cada vez mais próximo de ser revelado. Desenvolvido para desempenhar o papel de entrada no portfólio de utilitários da marca, o modelo será apresentado ao público no próximo mês de abril, no Salão de Nova York, e será vendido tanto nos Estados Unidos quanto em países emergentes, como a Índia. A estreia oficial está sendo antecipada através de pequenos vídeos, como o divulgado agora, onde a marca ressalta características como dirigibilidade e desenvolvimento realizado em condições climáticas extremas.

Galeria: Flagra: SUV compacto Hyundai

Embora ainda não tenha sido formalmente anunciado, o batismo Styx é dado praticamente como certo. A Hyundai chegou a cogitar o nome Leonis, mas dificuldades encontradas no registro de patentes parecem ter feito a marca desistir da ideia. Dessa forma, Styx ganhou força e acabou vencendo a disputa. O termo tem origem na mitologia grega e está relacionado ao principal e o maior dos 'rios do submundo', onde Tétis teria mergulhado o corpo de seu filho Aquiles na tentativa de fazê-lo imortal, deixando de fora apenas o calcanhar. Por isso, é também conhecido como 'rio da invulnerabilidade' - fama que certamente motivou o marketing da Hyundai a escolher pelo nome.

Hyundai compact SUV spy photo
Hyundai compact SUV spy photo

No quesito design, a inspiração partirá principalmente dos SUVs maiores lançados recentemente, incluindo Santa Fé, Palisade e Kona. A dianteira se destacará pelo conjunto óptico dividido em duas partes e pela gigantesca grade em formato hexagonal. Nas laterais, as colunas serão retas e reforçarão o estilo caixote, com teto plano e caimento acentuado na traseira. As lanternas também terão recorte mais retilíneo e abrigarão apenas as luzes de seta, posição e freio, já que as luzes de ré serão instaladas diretamente no para-choque. O teto poderá ser pintado em diferentes cores, contrastando com a carroceria.

Hyundai Santa Fe 2019 - Primeiras impressões

Nova geração do Santa Fé, acima, será fonte de inspiração

O comprimento ficará em torno dos 4 metros e será estratégico para tornar o preço final mais competitivo, dado o recolhimento reduzido de impostos no mercado indiano. Além disso, não deverá atrapalhar internamente o terreno explorado pelo Creta (4,27 metros) ou, dependendo do mercado, pelo Kona (4,16 metros). Sob o capô, são esperados motores 1.2 aspirado, 1.0 GDI turbo de 120 cv e 1.5 turbodiesel de 117 cv. O câmbio poderá ser manual de 6 marchas ou automatizado de dupla embreagem e 7 posições, dependendo do mercado. A tração será apenas dianteira, dada a vocação urbana do modelo.

No Brasil, o lançamento ainda não está confirmado, mas seria interessante para a Hyundai ter um SUV abaixo do Creta, eventualmente substituindo o HB20X e rivalizando diretamente com Honda WR-V e Caoa Chery Tiggo 2. Nos Estados Unidos, o modelo substituirá indiretamente o hatchback Accent, que sairá de linha por conta das baixas vendas do segmento como um todo. Todos os detalhes serão divulgados no dia 17 de abril, quando serão abertas as portas do Salão de Nova York.

Fotos: Arquivo Motor1.com