SUV compacto passará por mudança profunda e terá design inspirado no Kona

Lançado em 2014, o Hyundai Creta já está prestes a trocar de geração. Conhecido no oriente como ix25, o modelo foi avistado em testes na China, ainda bastante camuflado. O site Auto Home, que publicou os flagras, diz que ele começará a ser vendido por lá em agosto, o que coloca a data de apresentação para até julho.

Ainda não há muitas informações sobre o novo Hyundai Creta. Os chineses dizem que é uma nova geração, porém ele aparenta ser uma reestilização mais profunda, como a marca está fazendo com o HB20 no Brasil. No caso, o crossover manteria a plataforma herdada J5 do Elantra, ao invés de adotar a nova J6, porém com modificações para que fique um pouco maior, ajudando-o a se posicionar mais acima, já que a Hyundai trabalha em um novo SUV compacto para mercados emergentes. A outra opção é que siga o novo Elantra e adote a arquitetura J6.

Hyundai Creta/ix25 2020 - Flagra na China
Hyundai Kona

A camuflagem pesada tenta esconder suas linhas, só que em vão. Os buracos no pano revelam mais do que deveriam, adiantando que o Creta terá desenho inspirado no do Kona. Basta reparar no vão mais fino e, logo abaixo, um bem maior. É o esquema de faróis duplos utilizado por seu primo rico. Pense em algo parecido com a Fiat Toro, usando luzes bem finas em LED para iluminação diurna e faróis normais logo abaixo.

O que denuncia se tratar do Creta é seu perfil. Repare no ângulo da coluna A e no formato das portas, iguais aos do SUV que é feito no Brasil. É o único carro da fabricante a ter estas linhas mais angulares. A traseira não revela muito, já que conta com ainda mais panos, mas o formato geral parece pouco modificado.

Hyundai Creta/ix25 2020 - Flagra na China
Hyundai Creta/ix25 2020 - Flagra na China

Outras imagens mostram o interior da cabine. Embora o painel esteja coberto, os bancos e os painéis das portas aparecem sem disfarces. O acabamento parece ter melhorado e, nesta versão, utiliza couro bege combinado com preto.

A motorização ainda é um mistério. Se ele trocar de plataforma para a mesma do novo Elantra, existe a chance de que use os mesmos motores. Isso significa que teria o 1.4 turbo de 130 cv, o 1.6 turbo de 204 cv e o 2.0 aspirado de 156 cv, enquanto as transmissões seriam a manual e automática, ambas de 6 marchas, além da automática de dupla embreagem e 7 posições.

Fonte: Auto Home

Galeria: Hyundai Creta/ix25 2020 - Flagra na China