SUV estreia no 1º trimestre deste ano e já tem dados de consumo revelados

O próximo lançamento da Caoa Chery já está definido. O Tiggo 7 será apresentado ainda no 1º trimestre e, enquanto isso, já teve seus dados de consumo adiantados pelo Inmetro. O SUV aparece na tabela de etiquetagem veículo com um rendimento de até 10,9 km/l, quando abastecido com gasolina e rodando na estrada. O modelo usa o mesmo motor 1.5 turbo e câmbio de dupla embreagem de 6 marchas do Tiggo 5x.

Por enquanto, o Caoa Chery Tiggo 7 será o modelo mais caro da empresa no Brasil, posicionado no mesmo segmento que o Jeep Compass. Ele é equipado com o motor 1.5 turbo flex de 150 cv e 21,4 kgfm, sempre com a transmissão automática de dupla embreagem e 6 marchas. O Inmetro diz que ele faz 6,6 km/l na cidade e 7,6 km/l na estrada quando abastecido com etanol, enquanto o rendimento com a gasolina passa para 9,7 km/l e 10,9 km/l, respectivamente.

Como esperado, são números ligeiramente piores do que os do Tiggo 5x, que usa o mesmo conjunto mecânico e faz 6,7 km/l (cidade) e 8 km/l (estrada), com etanol, passando para 9,8 km/l e 11,7 km/l com gasolina. Esta diferença entre o consumo dos dois deve-se pelo peso, já que o Tiggo 7 é um modelo maior e, consequentemente, mais pesado.

Chery Tiggo 7
Chery Tiggo 7

O Caoa Chery Tiggo 7 será produzido em Anápolis (GO), ao lado do Tiggo 5x. A promessa da fabricante era que a produção começaria agora em janeiro, com lançamento nos meses seguintes. Ainda teremos mais um crossover da empresa, o Tiggo 8, apresentado no Salão de São Paulo e que desembarca no Brasil no 2º semestre. A fabricante ainda quer trazer o Exeed TX, modelo da divisão de luxo e que fica para 2019.

Galeria: Chery Tiggo 7