Modelo fotografado na Turquia antecipa o modelo europeu, no qual o brasileiro se inspira

Um flagra obtido pelos nossos parceiros do Motor1.com Turquia pode antecipar como será a cara do novo Corolla brasileiro. Fotos do modelo na fábrica turca da Toyota mostram que a versão europeia tem design diferente da norte-americana e, seguindo a tradição, é o modelo da Europa que empresta o visual para o Corolla nacional. Isso porque nos EUA o Corolla tem um público mais jovem e descolado, enquanto no leste europeu e aqui no Brasil ele é um sedã mais clássico e refinado. 

Toyota Corolla 2020 - Flagra na Turquia
Toyota Corolla 2020 - Flagra na Turquia

Esse desenho já havia sido mostrado pelo novo Corolla chinês no Salão de Guangzhou, no ano passado, mas agora o flagra confirma que o modelo europeu também segue esse estilo. Curioso é que as versões hatch e perua europeias são mais esportivas, tendo a dianteira mais próxima do modelo norte-americano, com os faróis recortados nas pontas. Já o sedã que será vendido na China, na Europa e no Brasil tem visual mais conservador, com faróis menores e mais estreitos, além de um filete cromado que avança da grade superior sobre os faróis. O para-choque tem uma grande tomada de ar central e vincos pronunciados nas pontas, também com filetes cromados. As rodas possuem desenho mais discreto, com maior quantidade de raios e acabamento diamantado. Na traseira, o para-choque traz cortes mais suaves e as lanternas são ligadas por um friso cromado.

Internamente, praticamente nada muda em relação ao Corolla norte-americano e às versões hatch e perua europeias. Isso significa que o sedã trará quadro de instrumentos digital (dependendo da versão), central multimídia com tela "flutuante" e freio de estacionamento elétrico, além de acabamento mais caprichado. Pelo que vimos na perua no Salão de Paris no ano passado, o Corolla ficará em pé de igualdade com o Honda Civic em termos de atualidade, tecnologia e refinamento. 

Novo Toyota Corolla Sedan 2020
Toyota Corolla 2020

Um diferencial importante do novo Corolla brasileiro será a motorização híbrida flex, pela primeira vez no mundo. Usará o conhecido conjunto do Prius, com motor 1.8 a combustão e um elétrico, agora com a capacidade de ser abastecido também com etanol. Além dele, deverá ter o 2.0 flex atualizado com injeção direta, que pode-lhe render mais potência (lá fora rende 169 cv com gasolina) e economia. A transmissão continuará a ser automática do tipo CVT, com evoluções.

A produção na Europa está marcada para começar na segunda metade de fevereiro, enquanto no Brasil deve se iniciar no segundo semestre, com chegada às lojas prevista para entre novembro e dezembro. 

Fotos: Motor1.com Turquia        

Galeria: Toyota Corolla 2020 - Flagra na Turquia