Agora é vendido somente com carroceria hatchback, motor 1.6 de 128 cv e câmbio manual de 5 marchas

Vivendo dias cada vez mais difíceis no Brasil, o Ford Fiesta teve sua linha reduzida. O site da fabricante não mostra mais as versões 1.0 EcoBoost, Powershift e também do Fiesta Sedan, fazendo com que seja vendido somente com o motor 1.6 de 128 cv e transmissão manual, em três configurações. Os preços vão de R$ 52.690 a R$ 58.090, mudando apenas os equipamentos. Consultada por Motor1.com, a Ford afirma que os modelos ainda estão nas concessionárias para vender o estoque remanescente.

O Motor1.com havia adiantado esta mudança em setembro de 2018, quando concessionários revelaram que o Ford Fiesta teria alterações na linha 2019. O hatch era um dos únicos modelos da fabricante que ainda utilizavam o polêmico câmbio automatizado Powershift de dupla embreagem, que apresentou tantos problemas que acabou tendo sua imagem queimada e foi abandonado pela empresa em todo o mundo - apenas o Focus feito na Argentina ainda utiliza essa transmissão, mas ele sairá de linha neste ano.

Ford Fiesta SE Style EcoBoost 2018
Ford Fiesta SE Style EcoBoost 2018

Outra baixa na linha do Fiesta é o motor 1.0 EcoBoost. Turbinado, ele estreou no Brasil em 2016, oferecido na versão topo de linha do hatchback. Na reestilização, foi reposicionado para a versão SEL Style e sempre foi vendido somente com o câmbio Powershift. Desta forma, quem for comprar o Fiesta terá que se contentar com o 1.6 Sigma de 128 cv a 6.500 rpm e 16 kgfm a 5.000 rpm e apenas com a transmissão manual de 5 marchas.

É oferecido nas versões SE (R$ 52.690), SE Style (R$ 56.590) e SEL (R$ 58.090). É equipado com ar-condicionado, vidros elétricos dianteiros, sensor de estacionamento, retrovisores elétricos, faróis de neblina e travas elétricas. A versão SE Style adiciona controle de estabilidade e tração, rodas de liga leve de 16”, retrovisores com repetidor de seta, assistente de partida em rampas e acabamento preto para a capa dos retrovisores, grade e moldura dos faróis de neblina. Já o Fiesta SEL ganha ar-condicionado automático digital, central multimídia Sync 3 com tela de 6,5”, vidros elétricos traseiros e troca as rodas por 15”.

Ford New Fiesta Sedan 2017
Ford New Fiesta Sedan 2017

Ruim de loja, o Fiesta Sedan também deixa de ser vendido. O sedã sumiu das concessionárias em janeiro de 2017, tendo sua importação do México interrompida por alguns meses, retornando em agosto do mesmo ano. Foi vendido em três vendidos, sempre com o motor 1.6. Ao longo de 2018, ele emplacou 1.564 unidades, quase 10 vezes menos do que o Toyota Yaris Sedan (e que começou a ser vendido no início do 2º semestre).

Assim, o Ford Fiesta começa a ver dias ainda mais difíceis. O hatch deixa de ter uma opção para quem não quer um carro manual e ficou menos interessante do que o Ka reestilizado. O modelo abaixo conta com o motor 1.5 de 136 cv, mais potente e econômico do que o 1.6, e ainda pode ser equipado com uma transmissão automática de 6 marchas com conversor de torque.

Galeria: Ford Fiesta Titanium / Titanium Plus 2018