Versão invocada tem faróis distintos das demais, contrariando as previsões

Mesmo com visões pessimistas sobre o futuro dos esportivos, as fabricantes estão encontrando novas e criativas maneiras de aumentar ainda mais a potência de seus carros. Depois do Dodge Challenger se tornar o Demon, com 852 cv, agora é a vez do novo Ford Shebly GT500, a versão preparada do Mustang, surgir com mais de 700 cv.

Galeria: Ford Shelby GT500 2020

O primeiro GT500 desde que o Mustang abandonou o eixo traseiro rígido ainda é misterioso, apesar da estreia nesta segunda-feira no Salão de Detroit (EUA). A Ford só confirmou que ele terá um motor 5.2 V8 supercharged e transmissão de dupla embreagem e 7 marchas, mas a fabricante não diz qual é a sua potência. Isso porque ela diz que ainda está trabalhando com o motor, então ainda não definiram a potência final. O mesmo vale para o torque. Rumores dão conta de que ficará por volta dos 750 cv e 96 kgfm de torque. A Ford promete que o novo Shelby fará o quarto de milha (402 metros) em menos de 11 segundos, enquanto a aceleração até 100 km/h deverá ficar abaixo dos 4 segundos.

O que sabemos sobre essa motorização é que o projeto não foi simples. Os engenheiros da Ford reviraram o 5.2 supercharged de cabeça para baixo e, de alguma forma, conseguiram colocar o intercooler entre a bancada dos cilindros, para reduzir o centro de gravidade. O V8 com compressor conta com cabeçotes de alumínio, bielas forjadas, e um carter com chicanes ativas que ajudam a manter o motor lubrificado durante curvas mais fortes. E ainda tem um som muito nervoso, que você pode conferir no vídeo abaixo.

'

O mesmo pode ser dito sobre a transmissão de dupla embreagem e 7 marchas. A nova caixa feita pela Tremec é a única opção disponível. Por que não um manual? A resposta é simples e previsível, tanto que é a mesma que fez a Ferrari e a Lamborghini abandonarem os câmbios manuais: a caixa automática é mais rápida. Segundo a Ford, a transmissão da Tremec pode trocar de marchas em apenas 100 milisegundos!

2020 Ford Shelby GT500
2020 Ford Shelby GT500
2020 Ford Shelby GT500
2020 Ford Shelby GT500

Complementando sua agilidade em aceleração estão os novos freios, com os maiores rotores frontais já usados em um cupê norte-americano. O GT500 utiliza discos de 16,5 polegadas, que mais parecem tampas de bueiros do que um freio, com pinças Brembo de seis pistões. A Ford diz que estes freios são 20% maiores do que os dos GT350 e são o motivo pelo qual o GT500 utiliza rodas de 20 polegadas de série.

A suspensão recebeu amortecedores magnéticos e uma nova geometria, enquanto os pneus Michelin Pilot Sport Cup 2 são standard. A Ford ainda oferece dois pacotes opcionais para o GT500. O primeiro, mais simples, é chamado Handling Package, e adiciona barra estabilizadora ajustável e um flap Gurney na asa traseira. O segundo é bem mais agressivo, chamado Carbon Fiber Handling Package, e descarta as rodas de 20 polegadas por um novo estilo de roda de fibra de carbono que reduz drasticamente o peso, usando rodas de 21,5" na traseira. Os pneus são substituídos por um composto especial feito pela Michelin. Ainda recebe uma enorme asa traseira ajustável com fibra de carbono. Por fim, o pacote ainda faz com que o carro perca o banco traseiro.

2020 Ford Shelby GT500

Independentemente de qual for o pacote escolhido, o GT500 parece um monstro. Os designers enlouqueceram com as caixas de rodas para acomodar as rodas de 20 polegadas, enquanto a frente tem o dobro de entradas de ar do GT350. O spoiler dianteiro complementa o difusor agressivo e o spoiler traseiro. O que mais gostamos é a bandeja de alumínio removível embaixo do capô - que está ali para manter o motor seco debaixo de chuva.

A pergunta agora é o quão legal será dirigir o Ford Shelby GT500. Infelizmente, a Ford diz que a potência final não será divulgada antes do 2º semestre, então parece que não teremos a chance de guiá-lo antes disso. Esperamos ouvir mais a respeito da versão mais potente do Mustang nos próximos meses.

Fotos: divulgação

Galeria: Ford Shelby GT500 2020