Moto de entrada da marca recebe sistema de frenagem combinada, aumentando o preço em R$ 200

A linha 2019 da Honda Pop começa a ser vendida em todo o Brasil. O preço subiu R$ 200, passando a ser vendida por R$ 5.790, mas o aumento tem um bom motivo. A moto mais barata da fabricante japonesa agora vem com sistema de frenagem combinada (CBS) de série. Outra novidade é a nova textura do banco e a adição da cor vermelha.

Os freios agora utilizam o sistema de frenagem combinada (CBS), que automaticamente distribui a frenagem entre as rodas dianteiras e traseiras, o que aumenta a estabilidade. O item passou a ser obrigatório em todas as motos novas que chegarem ao Brasil, tanto importadas quanto fabricadas aqui. As motos mais potentes devem vir com freios ABS. Embora tenha o sistema CBS, a Pop ainda utiliza freios a tambor tanto na frente quanto atrás.

+ Inscreva-se no canal do Motor1.com no Youtube
+ Nos acompanhe também no Instagram

Honda Pop 110i 2019
Honda Pop 110i 2019

A mecânica da Honda Pop 2019 segue a mesma motorização, usando o motor monocilíndrico de 109,12 cm³, de quatro tempos e refrigerado a ar. Gera 7,9 cv a 7.250 rpm e 0,90 kgfm de torque a 5.000 rpm, usando injeção eletrônica e abastecido somente com gasolina. A transmissão é manual de 4 marchas. Ela pesa 79 kg e tem um tanque de combustível de 4,2 litros.

Galeria: Honda Pop 110i 2019