SUV produzido em Piracicaba (SP) ganha novo destino na América do Sul

Depois de países como Paraguai e Uruguai, o Hyundai Creta produzido em Piracicaba (SP) ganha um novo destino de exportação na América do Sul: a Colômbia. Conforme explica a marca, o modelo brasileiro substituirá no país a versão até então importada da Índia e será enviado sempre com motor 1.6 a gasolina e opções de câmbio manual ou automático. Uma remessa inicial com cerca de 100 unidades será encaminhada ainda neste ano e a expectativa para 2019 é exportar algo em torno de 1.500 exemplares.

Um detalhe interessante é que, ao contrário do que acontece no Paraguai e no Uruguai, o embarque do SUV para o mercado colombiano será inteiramente realizado por via marítima através do porto de Santos, no litoral paulista. Com esse tipo de logística, a Hyundai estima que o tempo de trânsito do Brasil até a Colômbia será, em média, de 15 dias - redução bastante considerável frente aos 30 dias que eram gastos a partir da Índia. Uma vez em território colombiano, o Creta será comercializado pela importadora local Neocorp, que possui uma rede de 44 lojas no país.

Hyundai Creta exportado para Colômbia

Todas as versões terão motor 1.6 de 130 cv e torque de 16,5 kgf, com opção de transmissão manual ou automática de 6 marchas. Entre os principais equipamentos, destaque para central multimídia blueMedia com tela de 7” sensível ao toque, conectividade com Apple CarPlay e Google Android Auto, faróis com projetor e luz diurna DRL de LED, rodas de liga leve de 16 polegadas e controles de estabilidade e tração.

Além do Creta, a fábrica da Hyundai em Piracicaba também exporta desde 2016 o compacto HB20, neste caso apenas para Paraguai e Uruguai. 

Fotos: Divulgação 

Galeria: Hyundai Creta exportado para Colômbia