Em queda nas vendas, sedã híbrido trocará de fórmula para não brigar com o novo Corolla híbrido

Embora o Toyota Prius tenha feito história para a marca, sendo seu primeiro híbrido de sucesso, seu futuro é bem turbulento. As vendas nos EUA, seu principal mercado, caíram 23,2% de janeiro a novembro de 2018. Para piorar, a fabricante prepara o lançamento do novo Corolla, que também terá versão híbrida, o que irá reduzir ainda mais a demanda pelo Prius. Tudo indica que a solução será transformar o carro em um crossover.

“Para o próximo Prius, nós temos que pensar em como separá-lo do resto da linha da Toyota”, disse Koichi Kaneko, chefe adjunto de engenharia da marca, em entrevista ao The Detroit Bureau. Kaneko descarta que o Prius vá mudar para outro tipo de eletrificação, como célula de hidrogênio ou uma motorização puramente elétrica. O executivo disse que “A Toyota precisa estar pronta para responder às tendências”. Uma dessas tendências é a de ter modelos com carroceria de SUV ou crossover. “Eu não acho que o Prius pode continuar como é”, explica Kaneko.

Toyota Prius 2020 - Flagra
Toyota Prius 2020 - Flagra

E o que mostra que a fabricante realmente cogita essa transformação para o Prius são os flagras do carro em testes. As fotos feitas em 2017 mostram uma versão do Prius bem elevada e algumas alterações no design, como o teto bem menos inclinado – o que aumenta a capacidade do porta-malas. A ideia de um sedã crossover não é tão absurda assim, já que a Subaru já vende o Outback em vários mercados e a Ford estuda está alteração para a próxima geração do Fusion.

Fora a mudança de carroceria, há poucas informações sobre o novo Toyota Prius. A apresentação deve acontecer somente em 2020, já que 2019 será dedicado à nova geração do Corolla. A Toyota pode usar o Prius como vitrine de suas novas tecnologias híbridas, indo um pouco além de uma simples atualização do conjunto atual com motor 1.8.

Fonte: The Detroit Bureau

Galeria: Toyota Prius 2020 - Flagra