Ela tem chassi e motor 1.200 da Thruxton R, mas com uma posição de pilotagem confortável

Após revelar a Scrambler 1200 no Salão de Milão, agora a Triumph apresenta mais uma moto para sua (já bastante completa) linha de clássicas: a Speed Twin. Releitura do modelo homônimo de 1938, ela foi desenvolvida a partir do chassi da Thruxton 1200 R, inclusive com o mesmo motor, mas com peso 10 kg inferior e uma posição de pilotagem mais confortável que a da irmã Cafe Racer. 

Triumph Speed Twin 1200

A intenção da Triumph com a nova Speed Twin é oferecer uma opção mais descolada à Bonneville, embora menos radical que a Thruxton. Em relação a esta, a Twin tem guidão mais alto e largo, além de um banco para dois ocupantes. O motor é o revisado 1.200 de 8 válvulas e dois cilindros paralelos (daí o nome Twin), que entrega 97 cv de potência a 6.750 rpm e 11,4 kgfm de torque a 4.950 rpm. O câmbio é de 6 marchas e a embreagem é assistida para deixar a manete mais leve. O tanque tem capacidade para 14,5 litros. 

Triumph Speed Twin 1200
Triumph Speed ​​Twin 1200 2019

Apesar do design retrô, a tecnologia é de moto moderna: há três modos de condução (Road, Rain e Sport), controle de tração (desligável) e freios ABS com discos duplos da Brembo na dianteira e disco simples na traseira. A esportividade também é valorizada pelas rodas de alumínio vestidas com pneus Pirelli Rosso Corsa 3. A Speed Twin vem ainda com iluminação completa em LED (farol, lanterna e piscas) e tomada USB para recarga de celular.   

Preços só serão divulgados em janeiro, mas deverão ficar entre a Bonneville T120 e a Thruxton R, hoje vendidas no Brasil a R$ 48.200 e R$ 58.800, respectivamente.   

Fotos: divulgação

Galeria: Triumph Speed Twin 1200 2019