Rumores dizem que será o BMW mais caro de todos

Se você abrir o configurador do BMW X7 nos EUA e equipar a versão xDrive 50i M Sport com tudo o que puder, o preço vai chegar a US$ 122.425 (cerca de R$ 475,6 mil). Imagine então pagar ainda mais por um SUV da BMW. Fontes ouvidas pelo site BMW Blog dizem que a fabricante está trabalhando no X8, que será o maior e mais caro utilitário de sua linha.

Supostamente chamado internamente como G09, o SUV de luxo não será uma versão do X7 com ares de cupê, como acontece com X2, X4 e X6. Ao invés disso, a BMW está criando um modelo totalmente novo, com design próprio e que faria a ligação entre o X7 e o Rolls-Royce Cullinan (marca controlada pela BMW). O carro contaria com apenas quatro assentos, todos eles individuais para oferecer o máximo de conforto. Ainda não está claro se a BMW irá oferecer outras configurações de interior para o X8.

Enquanto o BMW Blog diz que a linha do teto será diferente do X7, ela não deve ser inclinada como no X6 ou X4. Isso porque a marca quer que o espaço interno seja bem amplo e os SUV-cupês costumam ter um problema de espaço para cabeças nos bancos traseiros. Outro motivo é manter o porta-malas com o máximo de capacidade possível.

A notícia ainda menciona que o X8 irá "tornar-se o carro mais caro da BMW", o que é bem interessante se pensarmos nisso. A fabricante alemã já oferece alguns modelos bem mais caros do que o X7, como o Alpina B7 por US$ 139.350 (R$ 541,3 mil), o i8 Coupe por US$ 156.700 (R$ 608,7 mil) e o i8 Roadster por US$ 163.300 (R$ 634,4 mil). Mesmo que seu valor esteja acima do esportivo híbrido na versão conversível, ainda pode ser uma barganha se comparado aos US$ 325 mil (R$ 1,26 milhão) do rolls-Royce Cullinan. Alguém aí se habilita?

Fonte: BMW Blog

Galeria: BMW X7 2019