Crossover importado do Brasil tem preço inicial de 670 mil pesos, cerca de R$ 69 mil

Pouco mais de um ano depois de estrear no Brasil, o crossover WR-V ganha um novo destino comercial na América do Sul: a Argentina. Conforme anunciamos na semana passada, o modelo produzido em Sumaré (SP) passa a ser enviado desde já para as concessionárias argentinas da Honda com a missão de diversificar o portfólio e ampliar a presença da marca no país. A oferta inclui duas versões de acabamento: EX por 670 mil pesos (cerca de R$ 69 mil numa conversão simples) e EXL por 730 mil (R$ 75 mil). Curiosamente, são preços inferiores aos do Fit, também importado do Brasil, mas ao preço de 749.999 pesos (R$ 77.400).

A lista de itens de série inclui 6 airbags, sistema de fixação Isofix para cadeirinhas infantis, freios ABS com EBD, ar-condicionado digital, faróis com luzes diurnas de posição em LED, bancos com rebatimento Magic Seat e sistema multimídia com tela de 7 polegadas. Apesar de todos esses equipamentos, não há controle de estabilidade - exatamente como acontece no Brasil.

Honda WR-V

Sob o capô, o motor 1.5 movido apenas a gasolina rende 120 cv e vem sempre associado ao câmbio automático do tipo CVT. A garante é de 3 anos ou 100 mil km.

Fotos: Divulgação

Galeria: Honda WR-V 2019