Futuro rival de Honda HR-V e Jeep Renegade será lançado em maio de 2019

O estande da Volkswagen no Salão do Automóvel está bem animado. Tem protótipos que antecipam futuros lançamentos, como o SUV elétrico I.D. Crozz e a picape Tarok; conceitos de versões como o Polo GTS e Virtus GTS; e, em meio a tudo isso, está um dos mais importantes lançamentos do ano que vem. O T-Cross será o SUV compacto da marca, previsto para chegar às lojas em maio de 2019 e enfrentar Honda HR-V, Hyundai Creta, Jeep Renegade, Nissan Kicks e tantos outros crossovers desta categoria.

Assim como na apresentação para a imprensa, o Volkswagen T-Cross exibido no Salão de São Paulo está na versão topo de linha Highline. É equipado com o motor 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm de torque, combinado ao câmbio automático de 6 marchas – é o mesmo conjunto utilizado por Golf e Jetta. As versões mais básicas adotarão o 1.0 TSI de 128 cv e 20,4 kgfm, também com transmissão automática de 6 posições e, como diferencial, o modelo mais barato terá uma opção manual. O resto da América Latina ficará com o 1.6 MSI de 110 cv, que inicialmente não deve ser oferecido por aqui.

Volkswagen T-Cross - Salão de SP 2018

O T-Cross nacional é diferente do europeu. Conta com um para-choque com desenho exclusivo, que traz uma peça de plástico preto maior. Do lado de dentro, recebeu apliques na cor do veículo, mas ficamos sem o novo volante, adotando o mesmo que é usado no resto da linha da marca. Haverá também diferenças na lista de equipamentos.

Outra mudança do T-Cross brasileiro é o seu tamanho. Enquanto o modelo global usa a plataforma do Polo, com 2,56 metros de entre-eixos, a nossa versão terá 2,65 m, a mesma distância do sedã Virtus. Isso faz com que seja maior, com 4,199 m de comprimento. A engenharia da Volkswagen no Brasil ainda deixou o SUV 9 mm mais alto.

Como ainda faltam meses para o lançamento, a Volkswagen não revelou os preços. Conversando com executivos da empresa, ouvimos que ele estará do lado mais caro da categoria. Acreditamos que seu preço ficará entre R$ 85 mil e R$ 110 mil, considerando que o modelo inicial terá um câmbio manual, algo que está sumindo do segmento.

Fotos: Donizetti Castilho

Galeria: Volkswagen T-Cross - Salão de SP 2018