Continental negocia com duas montadoras produção do componente em Guarulhos (SP)

Inaugurado por modelos de luxo de marcas premium tradicionais, o painel de instrumentos com elementos totalmente digitais não deve demorar para se popularizar e passar a equipar também veículos de perfil generalista. Prova disso vem da fornecedora Continental, que diz estar se preparando para produzir em breve o componente na fábrica de Guarulhos (SP). A expectativa é que a produção nacional possa baratear os custos e deixar o dispositivo consideravelmente mais acessível.

Segundo a sistemista, já existem negociações com pelo menos duas fabricantes que pretendem introduzir painéis digitais em modelos nacionais entre o fim de 2019 e 2020 - a identidade de ambas, porém, ainda é sigilosa. A própria Continental, vale lembrar, já produz os dispositivos na Europa e exporta para a Volkswagen do Brasil, que faz uso do recurso nos modelos Polo, Virtus e futuramente T-Cross.

Nova BMW Série 3 2019

Com a nacionalização, a expectativa é que o equipamento se torne mais barato e passe a equipar mais modelos. No entanto, alguns recursos da versão importada poderão ser extinguidos, como o espelhamento do mapa de navegação no espaço entre conta-giros e velocímetro. Segundo José Campassi Jr, executivo da Continental do Brasil, a função é pouco usada e não deverá fazer falta.

Fonte: Automotive Business

Galeria: Volkswagen T-Cross (Brasil)