Protótipo tem autonomia de 501 km e adianta futuro crossover 100% elétrico prometido para 2020

Repetindo a fórmula usada na edição de 2016 do Salão do Automóvel de São Paulo, a Volkswagen irá apresentar um modelo de sua futura linha de elétricos. O escolhido da vez doi o I.D. Crozz, conceito que antecipa o SUV compacto totalmente elétrico e que será lançado mundialmente em 2020. A revelação foi feita em um vídeo-teaser sobre a participação no evento, mostrando a frente do crossover.

O Volkswagen I.D. Crozz é o terceiro modelo apresentado pela fabricante como parte de sua linha de carros totalmente elétricos. Foi revelado no Salão de Xangai (China) em 2017, depois atualizado para o Salão de Frankfurt (Alemanha). Será construído com a plataforma MEB, criada especialmente para carros EV e que será utilizada em 15 modelos diferentes, desde compactos e sedãs até uma van sucessora da Kombi. Falando nela, esta van foi apresentada aos brasileiros no Salão de São Paulo de 2016.

De toda a linha I.D. da Volkswagen, dois terão um papel de extrema importância. O compacto, que pode ser batizado como Neo, será o modelo mais acessível, servindo de porta de entrada para os carros elétricos da marca alemã. Já o I.D. Crozz será o SUV compacto, justamente o segmento que mais cresce no mundo. Hinrich J. Woebcken, CEO da VW nos Estados Unidos, promete que o crossover será um carro com preço acessível.

Os detalhes técnicos divulgados podem mudar em relação ao modelo de produção. O conceito é equipado com dois motores elétricos. Um está montado no eixo dianteiro, gerando 101 cv, enquanto o segundo fica no eixo traseiro e gera 201 cv. O I.D. Crozz usa o sistema 4Motion de tração integral, usando as rodas traseiras na maior parte do tempo para movimentar o carro. Se for necessário, o motor dianteiro entra em ação e o motorista tem a opção de ativar o modo 4Motion para que tenha tração nas quatro rodas permanentemente.

Volkswagen I.D. Crozz II Concept
VW I.D. Crozz II Concept live in Frankfurt

É equipado com com bateria de 83 kWh, o que confere uma autonomia estimada em 501 km. A Volkswagen diz que, quando plugado em um carregador de 150 kWh, o I.D. Crozz precisa de 30 minutos para recarregar 80% de sua carga total. O protótipo tem 4,62 metros de comprimento, uma medida que o deixa muito mais próximo dos 4,70 m do Tiguan do que dos 4,19 m do inédito T-Cross.

Enquanto os carros elétricos da linha I.D. ainda não foram confirmados para o Brasil, a Volkswagen promete dar os primeiros passos rumo à eletrificação com o lançamento do Golf GTE e e-Golf. O GTE é a versão híbrida da sétima geração do hatch médio e é uma antiga promessa da fabricante (inclusive estava no Salão de São Paulo de 2016), enquanto o e-Golf é a variante 100% elétrica. Ambos devem ser apresentados durante o Salão do Automóvel na semana que vem.

Galeria: VW I.D. Crozz II Concept