Segundo a mídia chinesa, apresentação acontecerá no dia 16 de novembro, durante o Salão de Guangzhou

De olho no grande e importante mercado chinês, o novo Toyota Corolla sedã pode ser apresentado em novembro. O site Auto Sina publicou, citando fontes ligadas à empresa, que a nova geração do sedã médio estará no Salão de Guangzhou, que abre as portas no dia 16 de novembro, alguns dias depois do Salão do Automóvel de São Paulo. Apesar de aparecer no evento, seu lançamento deve demorar na maioria dos mercados. A publicação Cars Direct apurou que as vendas nos EUA começariam somente no início de 2020, mesma época esperada para o Brasil. 

Corolla 2020

A apresentação no evento chinês faz sentido. Além da China ser o maior mercado automotivo do mundo, os sedãs ainda fazem muito sucesso por lá, mesmo com a grande quantidade de SUVs. E como estão absorvendo modelos híbridos e elétricos rapidamente, a introdução na região será boa para a Toyota. O Auto Sina diz que o novo Corolla estará no Salão de Guangzhou com motor a combustão e híbrido.

Toyota Corolla Hatchback 2019: Primeiras impressões

Na variante sedã, o novo Toyota Corolla deve ser muito parecido com o hatch e a perua, apresentados ao longo deste ano em eventos como os salões de Genebra e Paris. É possível que esteja no evento em Guangzhou como um protótipo quase pronto para produção, como aconteceu com o hatch Auris mostrado em março na Suíça, que acabou recebendo alterações leves antes de chegar às lojas como Corolla Hatchback.

Montado com a plataforma TNGA, o novo Corolla ficará mais leve e poderá receber sistemas híbridos, algo que está nos planos da empresa para o Brasil. A marca já desenvolve um conjunto híbrido flex, usando o Prius como veículo de testes. Além disso, terá também um novo motor 2.0 de 170 cv, com injeção direta. No resto do mundo, será bem equipado, com sistemas de segurança e condução semi-autônoma, itens ainda não confirmados por aqui. 

Mesmo que o realmente revelado na China, sua estreia por aqui irá demorar. A Toyota anunciou recentemente um investimento de R$ 1 bilhão para atualizar a fábrica em Indaiatuba (SP) e essa reforma levará até 18 meses para ser concluída. Isso faz com que o sedã deva começar a ser feito em escala para nosso mercado apenas no inicio de 2020. 

Fonte: Auto Sina

Galeria: Toyota Corolla Sport 2019