Marca já entregou 5.224 unidades até dia 23 de outubro, contra 5.212 de todo o ano de 2011

A Volvo comemora nesta semana a quebra de mais um recorde histórico de vendas no Brasil. Até a última terça-feira (23) foram entregues em todo o país 5.224 veículos, número que ultrapassa as 5.212 unidades vendidas durante todo o ano de 2011 e que até então representavam o melhor desempenho comercial da marca desde que chegou ao país, em 1991. O feito foi bastante celebrado e se deve principalmente à aceitação dos lançamentos recentes, em especial os SUVs.

Levando em conta o desempenho mensal, houve estabelecimento de mais um recorde. Em agosto, foram emplacados 778 carros, contra 684 vendidos no decorrer de outubro (mês até então recordista). Entre os modelos, o grande destaque ficou para o XC40, que desde o lançamento em abril já emplacou 1.782 unidades. Por sua vez, o XC60 manteve o forte ritmo com 2.224 exemplares vendidos, enquanto o XC90 acumula até agora 706 unidades entregues. Mantida a mesma dinâmica até o fim do ano, a expectativa da Volvo é fechar 2018 com 6.500 carros comercializados.

Comparativo BMW X2 x Volvo XC40
Comparativo Land Rover Discovery x Volvo XC90

"Além da renovação da oferta de produtos, com a introdução do XC40 e de três modelos híbridos plug-in no país – XC90, XC60 e S90 –, o atual momento da Volvo no Brasil é fruto do fortalecimento da rede de concessionários e da criação de programas como a revisão com preço fixo até 150 mil km e a possibilidade de adquirir qualquer veículo com até 4 anos de garantia. Consolidamos assim nossa posição no segundo semestre deste ano como líder na venda de SUVs premium no país", disse João Oliveira, diretor comercial da marca.

Fotos: Divulgação e Arquivo Motor1.com

Galeria: Teste: Volvo XC40 T4 (BR)