Vision RS tem tamanho de Golf e plataforma de Polo

Por trás de um conceito de uma marca pouco conhecida no Brasil, pode estar o futuro próximo da Volkswagen. Vivendo uma onda de modelos elétricos e híbridos, o grupo alemão apresentou o Skoda Vision RS, um hatch híbrido que facilmente pode se tornar realidade ou, ao menos, suas especificações técnicas aparecerem em próximos lançamentos. 

Leia também

A base do Vision RS é a MQB A0, mesma plataforma do nosso VW Polo. Curiosamente, a Skoda o coloca como um oponente de modelos como o VW Golf, que usa a MQB pura, mais refinada que a A0. As medidas o colocam justamente no mesmo patamar dos hatches médios, com 4.356 mm de comprimento, 2.650 mm de entre-eixos, 1.810 mm de largura e 1.431 mm de altura. Daqui podemos ter uma ideia de quanto o VW Golf deverá crescer na oitava geração? Talvez, principalmente no entre-eixos, hoje com 2.631 mm, para melhor acomodação interna dos passageiros. 

Skoda Vision RS concept
Skoda Vision RS concept

Mas o que interessa mesmo e é mais certeza é o conjunto mecânico. O híbrido usa o motor 1.5 TSI de 150 cv e um elétrico de 102 cv (75k W) que juntos resultam em 245 cv com o câmbio DSG (dupla embreagem) de seis marchas levando a força para as rodas dianteiras. Alimentado por baterias (recarregadas por tomada ou pelo motor a combustão) de 13 kWh, chega a 70 km de autonomia no modo totalmente elétrico com recarga total em 2,5 horas. Além da baixa emissão de poluentes - apenas 33 g/km -, vai de 0 a 100 km/h em 7,1 segundos, com velocidade máxima de 210 km/h. 

Skoda Vision RS concept
Skoda Vision RS concept

Até então, os modelos híbridos da VW utilizam o motor 1.4 TSI de 150 cv com elétrico de 102 cv. O 1.5 TSI é mais moderno, com desligamento de cilindros, ciclo Miller de combustão, componentes internos de menor atrito e outras melhoras para maior eficiência energética que o 1.4, mais antigo. 

Galeria: Skoda Vision RS concept no Salão de Paris