Marca atuará no país com 15 concessionárias e 5 diferentes modelos

O grupo Socma, de propriedade da família do presidente Mauricio Macri, anuncia nesta semana na Argentina a chegada da montadora JAC Motors. Tradicional na representação de fabricantes chinesas no país (leia-se Chery e DSK), o conglomerado promete inserir a empresa no mercado através de 15 concessionárias e com a oferta de 5 diferentes modelos. Ao todo serão 3 SUVs (os conhecidos T40, T50 e T6, lá chamados de S2, S3 e S5), uma picape média (T6) e um caminhão leve (X200, conhecido do Brasil por V260).

Mais sobre a JAC

O que chama atenção é o fato de o desembarque da JAC acontecer em pleno acirramento da crise econômica argentina. Em 2017, a Argentina emplacou 890 mil veículos e esperava vender 950 mil em 2018, mas deve fechar o ano com apenas 800 mil. Em 2019 a queda será ainda maior, com previsão de apenas 600 mil unidades. Apesar disso, o grupo Socma acredita no sucesso da marca e diz que o investimento é "um projeto com futuro". 

JAC T50 2019

Atualmente, a JAC ocupa o terceiro lugar em vendas no mercado chinês e exporta cerca de 65 mil veículos por ano. Em projeto de expansão, conta com centros de desenvolvimento no Japão, na Itália e na própria China.

Fonte: Autoblog Argentina 

Galeria: JAC T40 CVT