Não dá para colocar o V8 da Mercedes dentro de uma Frontier...

Em junho deste ano, a Mercedes-Benz disse que estava considerando uma versão mais potente da Classe X, sua picape média feita sobre a plataforma da Nissan Frontier. Na época, isso foi ventilado por Frank Schumacher, chefe de desenvolvimento do modelo. Agora, porém, a empresa diz que não tem planos para colocar o motor V8 da AMG sob o capô do veículo, como afirma Tobias Moers, presidente da Mercedes-AMG. 

“Não haverá uma Classe X AMG,” Moers disse à imprensa durante o lançamento do AMG GT Coupe 4-Door no Texas. "Nunca."

Não significa não e, aparentemente, teremos que nos contentar com o motor V6 diesel da versão topo de linha. Embora seja uma motorização de respeito para uma picape média, receber um V8 biturbo faria com que a Classe X se tornasse uma das picapes mais rápidas do mundo.

Mais sobre a Classe X

Uma Classe X preparada pela AMG não seria algo apropriado, segundo Moers. Ele acredita que as raízes hardcore da AMG não combinam com a origem nipo-francesa da picape.

"Seria difícil encaixar a cultura da AMG com as culturas da Nissan e Renault.”

O que isso significa é que a versão X350d 4Matic continuará como a versão mais potente da primeira picape média da marca. Ela conta com motor 3.0 V6 diesel de 258 cv e 56 kgfm de torque, valores que a colocam entre as mais potentes do segmento. Bom, ao menos haverá a chance de ir atrás da versão preparada da Brabus, que deixou a Classe X com motor 2.3 turbodiesel com 211 cv e 52 kgfm e deve estar trabalhando em uma versão mais potente do modelo V6.

Fonte: CarSales.com.au

Galeria: Mercedes-Benz Classe X