Picape produzida em Zárate irá complementar unidades feitas na África do Sul

A Toyota prepara a contratação de mais funcionários para sua fábrica em Zárate (Argentina). Não é para um novo modelo e sim para ampliar a produção da Hilux. A picape será exportada para a Europa, como revelou Daniel Herrero, presidente da marca na Argentina, em entrevista ao jornal Ámbito Financiero. A operação começará entre o final de 2019 e início de 2020.

Leia também

De acordo com Herrero, a exportação da Toyota Hilux para a Europa acontecerá em duas etapas. Na primeira, a fábrica de Zárate irá enviar peças da picape para a unidade de montagem na África do Sul – que atualmente envia a Hilux para o Velho Continente. No segundo momento, irão enviar unidades prontas para a Europa com uma operação triangular, com a África do Sul responsável pela logística de vendas.

Toyota Hilux 2019
Toyota Hilux 2019

“É muito importante para nós pois abre a porta para o mercado europeu”, explica Herrero. Esta é a primeira vez que a Toyota exporta modelos da Argentina para a Europa. Isto anima a fabricante, pois é uma forma de aumentar a produção do complexo e evitar a crise do mercado argentino. O complexo já trabalha em um forte ritmo de 140 mil unidades anuais e quer aumentar este número em 10 mil unidades em 2019. A Toyota ainda tem planos de entrar no México com a Hilux Argentina.

Fonte: Ámbito Financiero

Galeria: Toyota Hilux 2019