Julia Piquet apresenta cinco curiosidades que provavelmente você não sabia sobre o superesportivo

O motor elétrico produz mais potência que um Toyota Prius

A LaFerrari é o primeiro carro de produção da Ferrari com propulsão elétrica. A LaFerrari tem motor V12 6.2 litros, de 799 cv, enquanto o elétrico adiciona outros 163 cv, gerando um total de 962 cv. Além disso, bastante força desde as baixas rotações permite que o motor V12 fale alto nas altas, criando uma incessante onda de potência em todas as velocidades, com torque de 91,7 kgfm. 

É 20% mais leve que uma Enzo

Mesmo a LaFerrari aparentando ser maior que a Enzo, elas têm praticamente as mesmas dimensões - e é mais leve! A maior mudança está no entre-eixos, sendo que os balanços dianteiro e traseiro são mais equilibrados. Quando vista de frente e pela lateral, mostra um nariz baixo que enfatiza as laterais musculosas, uma homenagem aos protótipos de competição da Ferrari dos anos 1960 e 1970. 

Pode (tecnicamente) ser dirigida de cabeça para baixo

A LaFerrari foi desenhada em túnel de vento para conquistar o perfeito balanço entre aerodinâmica e downforce. Usa sistemas aerodinâmicos ativos, incluindo spoilers e difusores que automaticamente se estendem ou retraem dependendo da velocidade. Teoricamente, se todas as asas e difusores estiverem abertos, enquanto se dirige a 360 km/h, a LaFerrari pode criar tanto downforce que pode ser dirigida de cabeça para baixo. 

Um jogo novo de pneus custa cerca de US$ 3.000

Os pneus dianteiros são os menos caros, mas isso provavelmente pela demanda ser muito maior pelos pneus traseiros. Tenho a impressão que os quase 1.000 cv jogados nas rodas traseiras facilmente queimam borracha. Considerando que estes pneus foram especialmente desenvolvidos para este hipercarro, não é uma surpresa que os dianteiros custem US$ 500 e os traseiros mais de US$ 800. Os track days com a LaFerrari não são apenas mais rápidos, mas também mais caros. 

Menos de 500 unidades foram produzidas

Portanto, é mais rara que a F40 e tem diversas cores além do vermelho. Isso é tão exótico quanto carros conceitos, edições especiais e modelos especiais de marcas desconhecidas. Por isso que o valor de alguns exemplares aumentaram 500% desde que foram vendidas por US$ 1,7 milhão. Você provavelmente não terá uma, assim como não a dirigirá, e muitos nem irão a ver, mas é um dos carros mais legais de todos os tempos.