Modelo está pronto para o lançamento nacional, que deve acontecer ainda neste mês

A nova geração do Jetta está pronta para ser lançada no Brasil. Prova disso é que o sedã já roda com placas cinzas (e não mais as verdes, de fabricante) e coberto apenas por adesivos brancos, como mostra o flagra de um leitor do Motor1.com no centro do Rio de Janeiro (RJ). O evento de apresentação para a imprensa deverá acontecer ainda neste mês, com chegada às lojas em outubro. 

Volkswagen Jetta 2019 - Primeiras impressões
Volkswagen Jetta 2019 - Primeiras impressões

De início, o novo Jetta virá do México apenas com motor 1.4 TSI flex (150 cv e 25,5 kgfm) e câmbio automático Tiptronic de 6 marchas. Nos EUA o modelo ganhou uma nova transmissão de 8 marchas, mas em alguns mercados (Brasil incluso) será mantida a caixa anterior. Especulações dão conta de que haverá duas versões de acabamento, Comfortline e Highline, com preços se iniciando na faixa dos R$ 100 mil. Em 2019 será a vez da configuração 2.0 TSI com câmbio DSG (dupla embreagem) de 6 marchas, que pode ser chamada de R-Line, trazendo aparência mais esportiva, como acontece com o Tiguan de mesmo nome. 

Leia também

Agora feito sobre a plataforma modular MQB, a mesma do Golf, o Jetta ficou maior. Passou de 4,64 m para 4,70 m de comprimento e com entre-eixos de 2,68 m, ante os 2,65 m do anterior. Chama a atenção também por ser mais largo, medindo 1,79 m, contra os 1,77 m do modelo antigo. Isso se reflete no espaço interno, notadamente maior no banco traseiro. Um retrocesso em relação ao modelo atual é a volta da suspensão traseira por eixo de torção, em vez da multilink. 

Volkswagen Jetta 2019 - Primeiras impressões
Jetta Final

Em termos de equipamentos, as configurações do novo Jetta escolhidas para o mercado argentino dão algumas pistas sobre o que deve vir para cá. São itens como o quadro de instrumentos digital "Active Info Display", com tela de 10,2", e a central multimídia Discover Media, com tela de 8" e conexões Apple CarPlay e Android Auto. Também há banco do motorista com ajustes elétricos, quatro modos de condução (econômico, normal, esportivo e personalizado) e um sistema de iluminação interna que permite selecionar entre 10 cores, além dos faróis Full LED. Resta saber como esses itens serão ofertados entre as duas versões.  

Fotos: arquivo Motor1.com e divulgação

Galeria: Volkswagen Jetta 2019 - Primeiras impressões