Dois motores garantem 402 cv e aceleração de 0 a 100 km/h em 5,1 segundos

Aproximadamente dois anos depois da apresentação do conceito no Salão de Paris, a Mercedes-Benz oficializa na Suécia o lançamento da versão de produção do SUV elétrico EQC. Considerado o primeiro grande representante da marca neste novo mercado, o utilitário estreia equipado com dois motores elétricos (um em cada eixo), bateria de 80 kWh e autonomia para rodar cerca de 450 km. A potência combinada é de 402 cv, o que garante aceleração de 0 a 100 km/h em 5,1 segundos.

Mais sobre a Mercedes

Desenvolvido para brigar diretamente com Audi e-tron (que entrou em produção nesta semana) e Jaguar I-Pace, o EQC carrega linguagem visual específica para veículos elétricos. A Mercedes destaca elementos únicos como o revestimento preto que une os faróis e a grade, bem como a assinatura de LEDs que interliga os faróis e causa um efeito visual bastante característico à noite. O mesmo vale para as lanternas, que são finas e também interligadas.

As laterais são limpas, parecidas com as do conceito e apesar de ser considerado um SUV, o EQC não traz rack de teto. Segundo a Mercedes, as tradicionais barras foram "deliberadamente" excluídas do projeto para não comprometer a performance aerodinâmica do carro. As rodas de 19" a 21" também foram pensadas nesse sentido, oferecendo soluções específicas para este fim.

Mercedes-Benz EQC
Mercedes-Benz EQC

Na cabine, o chamado "visual eletrônico de vanguarda" é comum aos lançamentos mais recentes da estrela. No painel, duas telas de 10,25" se destacam ao reunir as funções do quadro de instrumentos e do sistema multimídia de forma totalmente digital.  Há também revestimentos únicos (como alumínio e black piano) e pontos de iluminação em LED azul ou vermelho, dependendo da versão.

Ao todo, o EQC possui distância entre-eixos de 2,87 metros, 4,76 metros de comprimento e 1,88 metro de largura. Na comparação com o primo GLC, ele é mais comprido (4,76m contra 4,65m), mas mantém basicamente os mesmos entre-eixos e largura.

Mercedes-Benz EQC

Na mecânica, o conjunto elétrico formado por dois motores (um em cada eixo) garante potência total de 402 cv e torque de 78 kgfm. Dados de fábrica apontam aceleração de 0 a 100 km/h em 5,1 segundos e velocidade máxima limitada de 180 km/h. Segundo a Mercedes, a bateria de íons de lítio possui 80 kWh e garante autonomia de 450 km no novo ciclo de condução europeu (NEDC).

O EQC é equipado ainda com um carregador refrigerado a água que tem capacidade de 7,4 kW. Clientes que desejarem uma carga mais rápida podem usar o chamado Mercedes-Benz Wallbox, que é três vezes mais rápido do que uma tomada doméstica. A promessa é recarregar de 10% a 80% em cerca de 40 minutos.

Fotos: Divulgação

Galeria: Mercedes-Benz EQC