Mudou mesmo? Não parece, mas a Honda diz que sim

A décima geração do Honda Civic foi apresentada no final de 2015 e agora passa por sua reestilização de meia-vida. É quase um jogo dos sete erros, pois recebeu mudanças tão sutis que são difíceis de encontrar, mas a fabricante diz que atualizou o seu visual. Assim como aconteceu com o HR-V e o Fit, recebe mais equipamentos de segurança e, para os EUA, uma nova versão, a Sport.

 

Leia também:

Primeiro, vamos falar o que mudou no Honda Civic 2019. A grade frontal agora é toda pintada de preto brilhante, ao invés do cromado utilizado atualmente. O para-choque foi redesenhado, principalmente na grade inferior, acabamento cromado ao redor das luzes de neblina e faróis atualizados, tanto na versão em LED quanto com lâmpadas halógenas. As rodas foram redesenhadas.

Honda Civic 2019

O mais importante é a atualização na lista de equipamentos do Civic. Recebeu o pacote Honda Sensing em todas as versões, com frenagem automática de emergência, controle de cruzeiro adaptativo e assistente de permanência em faixa. Lá fora, a marca promete que será de série em todos os seus carros até 2022.

Honda Civic 2019
Honda Civic 2019

Uma novidade para o mercado norte-americano é a chegada da versão Sport. Assim como no Brasil, todos os detalhes cromados são pintados de preto brilhante e recebe rodas de 18 polegadas, asa traseira e escapamento central. Também terá o motor 2.0 de quatro cilindros, ao invés do 1.5 turbo, disponível com câmbio manual ou transmissão automática do tipo CVT.

Este facelift já era esperado, embora não de forma tão sutil. Executivos da Honda Índia já adiantavam que o sedã passaria por uma reestilização antes que ele começasse a ser vendido por lá, o que acontece no ano que vem. Por aqui, o Civic deve receber estas mudanças somente no ano que vem, já que a marca prepara o lançamento do HR-V renovado.

Galeria: Honda Civic 2019