Piloto da Full Time conquista vitória em final de tirar o fôlego de prova eletrizante em Goiânia; Massa abandona após toque

A décima edição da Corrida do Milhão de 2018 foi uma das corridas mais emocionantes da rica história da Stock Car. No final, quem se deu melhor foi Rubens Barrichello, que se aproveitou de um stint perfeito antes de seu último pit stop, voltou no limite à frente de Max Wilson e conquistou sua primeira vitória na temporada.

O piloto da Full Time esteve sempre nas primeiras posições, mas não estrelou a corrida em nenhum momento. No fim, sua decisão de fazer o segundo pit obrigatório no último momento deu certo, o fazendo arrancar a vitória do campeão de 2010 com uma volta e meia para o fim.

 

Max teve que se contentar com o segundo posto, à frente de um inspirado Antonio Felix da Costa. O português conquistou seu segundo pódio solo na Stock Car, ficando em terceiro lugar após liderar a corrida antes do último pit.

VEJA TAMBÉM

- Christian Fittipaldi anuncia aposentadoria das pistas

- MotoGPDovizioso triunfa em duelo com Lorenzo e Márquez em Brno

A prova se iniciou bem acidentada, com duas entradas do Safety Car nas primeiras seis voltas. Primeiro, Galid Osman foi jogado fora por Cesar Ramos (que mais tarde seria excluído da prova pela manobra). Em seguida, Julio Campos também abandonou a corrida após bater na primeira curva.

Pole position e líder do campeonato, Daniel Serra vinha liderando a corrida até a primeira parada. Foi quando o piloto foi traído por seu motor no pit stop, que acabou apagando. Seus mecânicos tentaram fazer seu carro pegar no trano o empurrando, mas o estrago estava feito. O piloto da Eurofarma caiu para 15º após o fim da janela de pits.

Lucas Foresti, que não trocou pneus em sua parada, ficou na frente após os pits. Felix da Costa ficou em segundo, com Max Wilson em terceiro.

Mais atrás, em uma disputa de posição, Thiago Camilo perdeu o controle e rodou à frente de Cacá Bueno, Daniel Serra e Bruno Batista, o que causou um acidente de grandes proporções. Thiago e Cacá abandonaram a corrida, enquanto o Safety Car retornou à pista.

A prova acabou para Felipe Massa qunado ele era o 13º na corrida. Em um toque envolvendo Denis Navarro, o piloto acabou saindo da pista, furou o pneu e abandonou.

A próxima etapa da Stock Car ocorre em duas semanas, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul.