Modelo será o primeiro inteiramente desenvolvido sob o comando da PSA

Considerado um dos modelos mais importantes do portfólio da Opel, o Corsa passará por mudanças bastante significativas na próxima geração. Conforme relata a revista britânica Autocar, o modelo será um dos primeiros inteiramente desenvolvidos após o controle da PSA e trará uma verdadeira ruptura em termos de design na comparação com o carro de hoje. Na prática, será o primeiro a adotar a nova linguagem de design adiantada pelo conceito GT X Experimental.

Mais sobre a Opel:

 

Inicialmente, o novo Corsa seria desenvolvido sobre uma plataforma da General Motors, a chegada da PSA na empresa mudou completamente os planos. Agora, a nova geração está sendo projetada sobre a arquitetura CMP e dividirá com o próximo Peugeot 208 (a ser apresentado no fim do ano) uma série de componentes mecânicos. Entre eles, destaque para o motor 1.2 turbo de 3 cilindros, que será oferecido com vários níveis diferentes de potência.

PSA may announce Opel acquisition on Monday

A gama de versões será composta apenas pela carroceria de 4 portas, seguindo uma tendência já vista em todo o segmento (entre os concorrentes diretos, apenas o Ford Fiesta manteve a opção). A grande novidade será uma variante inteiramente elétrica, batizada de eCorsa, que chegará ao mercado em 2020 com autonomia de 400 km. As versões convencionais chegarão um ano antes, em 2019.

As fotos abaixo mostram o projeto abortado do novo Corsa, ainda tocado sob a batuta da GM. 

Fonte: Autocar

Galeria: Opel Corsa 2019