Rumores já apontam que será uma nova picape com plataforma do Focus

Acompanhou a nossa história de que a Ford estaria trabalhando em uma picape rival da Fiat Toro? A publicação Automobile Magazine comentava que poderia ser batizada como Ranchero, um nome muito forte nos EUA. Porém, a edição norte-americana da Car and Driver aponta que a Ford registrou o nome Courier nos Estados Unidos. Quando a fabricante sair do negócio de sedãs e carros compactos nos EUA, irá focar sua estratégia em mais SUVs e picapes, o que inclui portes e tamanhos diferentes para estes veículos.

Mais notícias da Ford:

A Car and Driver falou com a Ford e Dawn McKenzie, porta-voz da empresa, se recusou a comentar sobre a possível volta da Courier. Ao invés disso, enviou uma declaração oficial da empresa, dizendo que a fabricante está "expandindo significantemente sua linha norte-americana com novos veículos e entrando em novos segmentos com designs atualizados e silhuetas inéditas que irão fazer com que a marca cresça ainda mais." As montadoras sempre divulgam declarações vagas sobre produtos novos, ainda mais quando não querem negar algo.

Essa picape seria monobloco e ficaria abaixo da Ford Ranger. Embora seja maior do que a Courier que nós tivemos aqui no Brasil, este novo produto entraria no seu lugar. Ao invés da plataforma do Fiesta, adotará a base modular do novo Focus e seria lançada em 2022. Segundo a Automobile Magazine, também seria lançada no Brasil. 

Em relação ao conjunto mecânico, a nova Ford Courier seria equipada com o novo motor 1.5 de três cilindros da marca, mas em sua versão turbinada, com potência na casa dos 150 cv ou até mesmo por volta de 180 cv. Lá fora, usaria o câmbio manual de 6 marchas ou automático de 8 velocidades. No Brasil, além do 1.5 aspirado de 137 cv e a transmissão automática de 6 marchas, conjunto que equipa o EcoSport, a picape poderia chegar também com a opção turbinada. Usar a arquitetura do Focus tem um problema: só está disponível com tração dianteira, então a Ford teria que decidir se vale alterar a base para ter uma versão com tração nas quatro rodas.

Quando a Ford anunciou que iria tirar de linhas seus sedãs e compactos nos Estados Unidos, os consumidores ficaram em alerta por lá. Porém, sem Fusion, Fiesta e Taurus ocupando espaço e recursos das concessionárias, a fabricante pode apostar em novos veículos mais alinhados ao gosto de seus clientes. Há tempos que as pessoas pedem por picapes menores nos Estados Unidos e a nova Courier poderia ser uma boa ideia. Já no Brasil, a Fiat Toro está dominando as vendas de seu segmento e volta e meia está na liderança entre todas as picapes. Várias concorrentes já estão se mexendo neste sentido. Agora é a vez da Ford.

Fonte: Car and Driver