Série exclusiva se diferencia por elementos como bagageiro de teto e carroceria na cor Bege Jizan

A Suzuki anuncia nesta quarta-feira (1º) no Brasil o lançamento de uma série especial para o Jimny. Batizada de Desert, a novidade se diferencia das demais versões pela adoção de elementos únicos no visual externo e na cabine. O motor segue o mesmo, mas a marca destaca que na mecânica foram promovidas várias modificações importantes para otimizar a performance off-road. O preço é de R$ 85.990.

Suzuki Jimny Desert

Mais sobre a Suzuki:

Por fora, chama atenção o bagageiro tipo cesta no teto e a exclusiva cor Bege Jizan, inspirada nas areias dos desertos. Há ainda grade dianteira e faróis com acabamento grafite, rock slider tubular, pneus Pirelli Scorpion 215/75R15 MTR e suspensão elevada em 68 mm. Ainda com foco no off-road, foram instalados snorkel (que permite a travessia por trechos alagados) e recursos extras como quatro protetores nos braços de suspensão, dois protetores nos amortecedores traseiros e amortecedor de direção.

Nos detalhes, destaque para os retrovisores em grafite com aplicações do mapa mundi nas laterais, que mostram onde estão os mais desafiadores desertos do mundo. Além disso, os bancos trazem revestimento especial, bolsos frontais e laterais, costura em bege, logotipo “Desert” e texturas que remetem a marcas de pneus. Fecham o pacote a plaqueta “Desert” no console central, molduras das saídas de ar e acabamento central do painel na cor bege jizan e assoalho revestido em borracha.

Suzuki Jimny Desert

Entre os recursos, há sistema multimídia com tela de 7 polegadas compatível com Android e iOS, além de preparação para instalação de acessórios como câmera de ré e TV digital. O quadro de instrumentos conta com novo grafismo e elementos prateados, além de uma nova tela digital. Na segurança, a lista inclui airbags frontais, freios com ABS, barras de proteção lateral, cintos de três pontos e encostos de cabeça para todos os ocupantes, além da fixação Isofix.

O sistema de tração 4x4 é o mesmo das demais versões e permite até 15 combinações de marcha: 2WD para uso urbano com tração traseira, 4WD com tração nas quatro rodas e 4WD-L que aciona a reduzida. As mudanças na tração são feitas no painel pelo sistema drive action 4x4. Sob o capô, o motor 1.3 a gasolina rende 85 cv a 6 mil rpm e 11,2 kgfm de torque a 4.100 rpm. O câmbio é sempre manual de 5 marchas.

Suzuki Jimny 2019

Nova geração lá fora

No exterior, o Jimny estreou uma geração inteiramente nova (acima). O modelo ainda não tem previsão de chegada ao Brasil, mas a representante da Suzuki por aqui já adiantou que ambas as gerações irão conviver no mercado nacional.

Fotos: Divulgação

Galeria: Suzuki Jimny Desert