Feita em Córdoba, ela inaugura linha de onde também sairão Renault Alaskan e Mercedes-Benz Classe X

A Nissan Frontier enfim começa a ser produzida em Córdoba (Argentina), após três anos desde o anúncio do investimento na América Latina. O complexo recebeu aporte de US$ 600 milhões destinados somente para a construção da nova linha de produção dedicada para picapes e uma pista de testes para este tipo de veículo. Tem capacidade para produzir 70 mil picapes por ano e 50% do volume será destinado para exportação.

Mais sobre a Nissan Frontier:

“Há três anos, a Nissan decidiu apostar fortemente na Argentina. Anunciamos a chegada da Nissan ao país como subsidiária e fabricante de veículos, confirmado um grande investimento que dá sustentação ao nosso plano de nos tornarmos uma das maiores marcas automotivas. Agora, estamos honrando o compromisso firmado e comemorando o início da produção da Nissan Frontier. Hoje, estamos cumprindo a promessa feita à Argentina”, diz José Luis Valls, chairman da Nissan América Latina.

Lançada em 2017, a nova geração da Nissan Frontier chegou ao Brasil importada do México. Estava disponível somente na versão topo de linha SE, meses depois chegando também na configuração intermediária LE. A expectativa agora é que receba mais uma variante para ocupar a posição de entrada. A fabricante espera que a Frontier argentina chegue às concessionárias brasileiras em novembro.

Nissan Frontier - Produção na Argentina
Nissan Frontier - Produção na Argentina
Além da Frontier, o complexo ainda irá produzir mais duas picapes médias com a mesma plataforma, a Renault Alaskan e a Mercedes-Benz Classe X. Ambas serão apresentadas ao público em novembro, no Salão do Automóvel de São Paulo, chegando ao nosso mercado somente em 2019. O modelo da Renault virá primeiro e começará a ser produzida no final deste ano, enquanto o da Mercedes deve pintar só na metade do ano, com início da fabricação marcada para 2019, tendo como exclusividade a versão com motor V6 a diesel.
Fotos: divulgação

Galeria: Nissan Frontier - Produção na Argentina