Assim como nos EUA, prioridade será para SUVs e crossovers

A operação da Ford na Europa enfrenta problemas agora que o público da região pegou gosto pelos SUVs e crossovers. A fabricante vende somente três modelos deste tipo por lá: EcoSport, Kuga e Edge. O Kuga, SUV baseado no Focus, e o EcoSport bateram recorde de vendas no segundo trimestre, mesmo com a idade avançada do Kuga. A mudança de gosto dos clientes e as margens de lucro menores fizeram com que a Ford considere eliminar alguns de seus produtos na região. O Mondeo, versão europeia do Fusion, é um deles, ao lado das minivans C-Max, S-Max e Galaxy.

“Um de nossos problemas é que estamos atrasados na mudança para utilitários e agora nosso portfólio é pequeno para este lucrativo segmento em crescimento", disse Jim Farley, CEO da Ford, durante uma apresentação na semana passada, segundo o Automotive News.

Mais notícias da Ford:

As vendas da minivan C-Max, um dos carros que podem deixar de serem produzidos na região, viu suas vendas caírem 18% na primeira metade de 2018, para 31.888 unidades. A Ford pode acabar também com o Mondeo, primeiro europeu do Fusion, seguindo o mesmo caminho que será adotado para o Fusion nos EUA.

Ford C-Max Production

Bob Shanks, CFO da Ford, diz que a maior parte de sua linha europeia não gera lucro, ocupando a maior parte do volume de produção e investimentos na região. Essa maioria seria composta "principalmente por carros e veículos multi-uso como o C-Max."

Carros não são a única coisa afetando a Ford. O Reino Unido, maior mercado da fabricante na Europa, tem enfrentado problemas com sua decisão de deixar a União Europeia, o que por sua vez atrapalha a marca. A libra perdeu valor após o Brexit e explicaria "a maioria de nossa deterioração" na Europa, disse Farley.

 

“A Ford não pode apenas apagar o fogo," explica Ian Fletcher, principal analista da IHS Markit, ao Automotive News. "Eles já se reestruturaram antes e ainda reclamam da falta de lucro na região. Eles precisam dar um grande passo ou vão continuar na mesma situação no futuro."

A Ford precisa repensar sua estratégia para a Europa para garantir lucro. No momento, parece que eliminar carros e apostar tudo em SUVs e crossovers de vários tamanhos é o caminho escolhido. A marca também irá procurar por parcerias, que pode incluir um acordo com o Grupo PSA envolvendo motores.

Fonte: Automotive News

Galeria: Perua esportiva do Fusion, bela Ford Mondeo ST-Line é nova opção da gama