Principal evento dos EUA muda de data para fugir do frio e da feira de tecnologia CES

O North American International Auto Show (NAIAS), que nós conhecemos como Salão de Detroit, terá uma nova data a partir de 2020. Deixará de ser realizado em janeiro para acontecer em junho, movimentação que deve dar nova vida ao evento, que enfrentava dias ruins. Embora tenha tido 69 carros novos e 5.708 jornalistas cobrindo a feira, foi visitado por 809.161 pessoas, um número que a organização diz ser menor do que em 2017.

A Detroit Auto Dealers Association, organizadora do evento, quer deixar o Salão de Detroit ainda melhor, não só para os visitantes, como também para as fabricantes. A nova data foi escolhida para sair do gelado mês de janeiro, quando a cidade fica coberta de neve, para o início de junho, próximo do começo do verão nos EUA. Além disso, irá se distanciar da CES, feira de tecnologia que começou a dar mais espaço para as montadoras apresentarem suas novas tecnologias para automóveis.

A mudança será boa financeiramente. Tanto a organização quanto as fabricantes terão mais tempo para se preparar para o evento e não pagarão mais horas extras ou valores inflados por conta da temporada de feriados de fim de ano nos EUA (Dia de Ação de Graças, Natal e Ano Novo), economia que pode ficar entre 30% e 40%. Sem falar que o tempo para montar os estandes aumentará de três semanas para cerca de oito semanas.

Os organizadores do Salão de Detroit sabem que as fabricantes estão deixando as feiras automotivas de lado para focar em seus eventos próprios de lançamento, razão pela qual eles planejam uma série de alterações que deixarão o Salão de Detroit mais atraente. Prepararam imagens e um vídeo que mostram como o evento deve ficar em 2020.

Sem o frio congelante de janeiro, o Salão de Detroit irá aproveitar o calor de junho para fazer atividades externas, como apresentações dinâmicas, inspiradas no Festival de Goodwood. Também contará com uma pista off-road para desafiar os visitantes, experiências com carros autônomos e test-drive das novidades do evento.

Enquanto isso, a edição 2019 do Salão de Detroit já está confirmada para janeiro e terá ausências notáveis, como Audi, BMW e Mercedes-Benz. Por outro lado, a Hyundai prometeu apresentar algo "excitante".

Fonte: NAIAS

 

Galeria: Salão de Detroit 2020