Enquanto isso, o Classe C segue liderando o segmento com sobras

Mercedes sem concorrência na faixa de entrada, A3 Sedan novamente em baixa, briga apertada na faixa superior. Confira agora todos os destaques de junho entre os sedãs de luxo.

SEDÃS MÉDIOS

Os líderes perderam espaço em relação ao mesmo período de 2017, mas ainda assim o Classe C “nadou de braçadas”. Com 529 emplacamentos, seu melhor resultado desde setembro passado, o Mercedes se aproximou dos 40% de participação de mercado ao vender mais do que a soma dos dois rivais mais próximos, completando seis meses consecutivos na ponta.

Mercedes-Benz C300 Sport

O BMW Série 3 (306), que havia reduzido a desvantagem na lista de maio, perdeu 22,3% de seus compradores e ficou mais para o Mercedes CLA (192), que quadruplicou os números do ano passado e atingiu o seu segundo melhor resultado desde a chegada ao país.

 

Mais uma vez fora do pódio, o Audi A3 Sedan (151) recuou mais de 50% e viu cair a diferença sobre o Audi A4 (106), que também perdeu fôlego nos últimos 12 meses. Separados por cinco unidades, Audi A5 (41) e Jaguar XE (36) vieram na sequência como os melhores coadjuvantes, com o alemão sendo o campeão de crescimento sobre 2017.

Em queda de quase 80%, o BMW Série 4 (11) só não foi o lanterna porque o Volvo S60, no compasso de espera da nova geração recém-apresentada no exterior, fechou o mês com apenas 5 emplacamentos, pior mês desde outubro de 2010 (1).

Sedãs Médios Premium

POS.

MODELO

JUN/18

MAI/18

JUN/17

% JUN 18

% MAI 18

VARIAÇÃO JUN/MAI

VARIAÇÃO 2018/2017

MERCEDES-BENZ CLASSE C

529

430

541

38,42%

32,77%

23,02%

-2,22%

BMW SÉRIE 3

306

381

394

22,22%

29,04%

-19,69%

-22,34%

MERCEDES-BENZ CLA

192

215

48

13,94%

16,39%

-10,70%

300,00%

AUDI A3 SEDAN

151

123

318

10,97%

9,38%

22,76%

-52,52%

AUDI A4

106

61

112

7,70%

4,65%

73,77%

-5,36%

AUDI A5

41

64

7

2,98%

4,88%

-35,94%

485,71%

JAGUAR XE

36

16

37

2,61%

1,22%

125,00%

-2,70%

BMW SÉRIE 4

11

16

49

0,80%

1,22%

-31,25%

-77,55%

VOLVO S60

5

6

23

0,36%

0,46%

-16,67%

-78,26%

 

 

1377

1312

1529

100,00%

100,00%

4,95%

-9,94%

SEDÃS GRANDES

Em mais uma briga apertadíssima pela liderança na categoria mais sofisticada entre os sedãs vendidos por aqui, o BMW Série 5 (40) completou quatro meses consecutivos na ponta, apenas 3 unidades à frente do arquirrival Mercedes Classe E (37), ambos em baixa.

BMW Série 540i M Sport 2018

Mesmo emplacando menos de 1/3 do segundo colocado, o Porsche Panamera (12) chegou a sete meses seguidos em terceiro. À espera da nova geração, o Audi A6 foi o preferido por seis consumidores. Top de linha da Mercedes, o Classe S (3) repetiu a mesma quinta colocação de abril e de maio. Rivais do S, Audi A8 e BMW Série 7 dividiram a lanterna, com uma unidade cada.

Sedãs Grandes Premium

POS.

MODELO

JUN/18

MAI/18

JUN/17

% JUN 18

% MAI 18

VARIAÇÃO JUN/MAI

VARIAÇÃO 2018/2017

BMW SÉRIE 5

40

34

47

38,46%

40,48%

17,65%

-14,89%

MERCEDES-BENZ CLASSE E

37

28

40

35,58%

33,33%

32,14%

-7,50%

PORSCHE PANAMERA

12

10

5

11,54%

11,90%

20,00%

140,00%

AUDI A6

6

3

9

5,77%

3,57%

100,00%

-33,33%

MERCEDES-BENZ CLASSE S

3

6

3

2,88%

7,14%

-50,00%

0,00%

AUDI A7

2

0

5

1,92%

0,00%

-

-60,00%

LEXUS ES350

2

2

0

1,92%

2,38%

0,00%

-

AUDI A8

1

0

0

0,96%

0,00%

-

-

BMW SÉRIE 7

1

1

5

0,96%

1,19%

0,00%

-80,00%

 

 

104

84

114

100,00%

100,00%

23,81%

-8,77%

NO 1º SEMESTRE

Os dois segmentos registraram avanços na casa dos dois dígitos, mas com destaque especial para os modelos mais sofisticados (+34,8%). Na faixa inferior, o líder Classe C (2.359) ampliou em quase ¼ o número de emplacamentos dos seis primeiros meses de 2017.

Audi A5 Sportback 2018 - Brasil

A briga pela segunda posição, que havia sido acirrada há um ano, praticamente não aconteceu, já que o Série 3 (1.647) avançou e o A3 Sedan (977) foi o único entre os seis primeiros a perder espaço (-30,4%). O último lugar do pódio deverá registrar a maior disputa até dezembro, já que o CLA (826) encostou de vez.

A nova geração do A5 (268) fez o modelo saltar para o sexto lugar, vendendo quase o dobro do XE (145), que perdeu mais de 1/3 de seus compradores. Ainda sem lançamento oficial – a apresentação está prevista para o próximo Salão do Automóvel de São Paulo -, o Kia Stinger fechou a lista com um único emplacamento.

Sedãs Médios Premium

POS.

MODELO

TOTAL 2018

TOTAL 2017

% VARIAÇÃO 18/17

MERCEDES-BENZ CLASSE C

2359

1898

24,29%

BMW SÉRIE 3

1647

1460

12,81%

AUDI A3 SEDAN

977

1403

-30,36%

MERCEDES-BENZ CLA

826

214

285,98%

AUDI A4

529

486

8,85%

AUDI A5

268

9

2877,78%

JAGUAR XE

145

221

-34,39%

VOLVO S60

63

72

-12,50%

BMW SÉRIE 4

58

169

-65,68%

10º

KIA STINGER

1

0

NOVO

 

 

6873

5932

15,86%

Na faixa superior houve a disputa mais apertada de todos os segmentos do mercado brasileiro. O Classe E venceu o Série 5 por apenas cinco unidades (182 x 177). Como o representante da BMW está em melhor momento comercial, a briga promete muito até o fim do ano.

Porsche Panamera 4 e-Hybrid

Praticamente triplicando as vendas de 2017, o Panamera (84) garantiu um confortável lugar no pódio. Da quarta à sétima posições, apenas quatro unidades separaram o Lexus ES350 (25) do XF (21). Destaque para o Classe S (22), que subiu da nona para a sexta posição ao mais do que dobrar as vendas.

Sedãs Grandes Premium

POS.

MODELO

TOTAL 2018

TOTAL 2017

% VARIAÇÃO 18/17

MERCEDES-BENZ CLASSE E

182

176

3,41%

BMW SÉRIE 5

177

102

73,53%

PORSCHE PANAMERA

84

30

180,00%

LEXUS ES350

25

2

1150,00%

AUDI A6

23

22

4,55%

MERCEDES-BENZ CLASSE S

22

9

144,44%

JAGUAR XF

21

25

-16,00%

BMW SÉRIE 7

7

16

-56,25%

MERCEDES-BENZ CLS

6

14

-57,14%

10º

AUDI A7

4

11

-63,64%

11º

JAGUAR XJ

3

3

0,00%

12º

MASERATI GHIBLI

3

3

0,00%

13º

MASERATI QUATTROPORTE

3

0

-

14º

AUDI A8

2

4

-50,00%

 

 

562

417

34,77%


Fonte: Fenabrave