"Estamos tornando a empresa mais rápida, enxuta e eficiente", disse o CEO Herbert Diess

CEO do grupo Volkswagen, Herbert Diess anuncia nesta semana o lançamento de uma nova estrutura organizacional para a companhia com base na definição de competências locais. Conforme explica o executivo, a partir de agora cada marca do conglomerado terá responsabilidades específicas regionalmente, de modo a otimizar aspectos como rapidez na tomada de decisão e descentralização da administração. "Dessa forma, tornaremos a Volkswagen mais rápida, enxuta e eficiente", afirma o chefão.

Mais sobre a Volkswagen:

Na prática, a marca Volkswagen assumirá a responsabilidade por países da América do Norte, América do Sul e África Subsaariana. Por sua vez, a Seat terá controle sobre mercados do norte da África (região em franca expansão), enquanto a Audi coordenará o Oriente Médio e a região da Ásia-Pacífico - exceto a China, que será estrategicamente mantida nas mãos do próprio grupo. Por sua vez, a Skoda terá a missão de liderar Rússia e Índia, de modo a reforçar a posição de mercado do grupo neste último país com o projeto "Índia 2.0".

2019 Audi A1 Sportback

Atribuir responsabilidades regionalmente é uma estratégia para adequar a gama de modelos às especificidades e necessidades de cada mercado. Será uma ação realizada de forma rápida e eficaz, com base nos conhecimentos e competências regionais e através da cooperação intensiva com parceiros locais. No futuro, a marca líder regional será encarregada de sincronizar a estratégia do grupo para sua região, assim como coordenar atividades e estabelecer novas parcerias.

Fotos: Divulgação

Galeria: Volkswagen Golf 2018 - Fotos oficiais