Montagem acontece na fábrica de Naberezhenye Chelny, região do Tartaristão

A Ford anuncia nesta semana na Rússia o início da produção local da versão reestilizada do SUV EcoSport. Assim como no modelo pré-facelift, toda a operação acontece na fábrica de Naberezhenye Chelny, região do Tartaristão, de onde também sai o compacto Fiesta. Não há grandes mudanças em relação à variante brasileira, mas a marca destaca que a equipe local otimizou pontos como acerto da suspensão (agora mais reforçada) e capacidade de imersão - características bastante valorizadas por lá.

Mais sobre a Ford:

Ao todo, o portfólio é composto por 5 versões de acabamento: Ambiente, Trend, Trend Plus, Titanium e Titanium Plus. Na versão de topo, a lista de equipamentos inclui itens como central multimídia SYNC 3, 7 airbags, câmera de ré, controle de velocidade, sensor de chuva e farol alto automático. Pela primeira vez na Rússia, a Ford passa a oferecer uma versão com tração nas quatro rodas e transmissão automática (no caso, a caixa Aisin de 6 marchas). Sob o capô, são oferecidos os motores 1.5 Ti-VCT de 3 cilindros e 2.0 de injeção direta.

Ford EcoSport - Rússia
 

Em nota, a montadora disse que os consumidores russos estão deixando ver a Ford como uma marca que só vende carros pequenos e que agora “mais de 50% das vendas compostas por utilitários esportivos e veículos comerciais”, diz Adil Shirinov, presidente e CEO da Ford Sollers (joint-venture criada localmente). Além do EcoSport e do Fiesta, a marca também produz em solo russo os modelos Fusion (por lá chamado de Mondeo), Focus, Explorer, Kuga e Transit.

O Eco, por sua vez, é fabricado ao todo em 6 países: Brasil (Camaçari), Índia (Chenai), China (Chongqing), Vietnã (Hai Duong), Romênia (Craiova) e Rússia (Tartaristão). A oferta cobre mais de 150 países.

Fotos: Divulgação

Galeria: Ford EcoSport - Rússia